Utilize este link para identificar ou citar este item: https://bdm.unb.br/handle/10483/21908
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2018_TanielsonRodriguesDaSilva_tcc.pdf507,63 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Densidade energética da madeira de Rhizophora mangle
Autor(es): Silva, Tanielson Rodrigues da
Orientador(es): Vale, Ailton Teixeira do
Assunto: Briquetes (Combustível)
Biocombustíveis
Energia da biomassa
Data de apresentação: 2018
Data de publicação: 26-Abr-2019
Referência: SILVA, Tanielson Rodrigues da. Densidade energética da madeira de Rhizophora mangle. 2018. 33 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Engenharia Florestal)—Universidade de Brasília, Brasília, 2018.
Resumo: Rhizophora mangle é uma espécie nativa do manguezal brasileiro, conhecida como sapateiro, mangue vermelho e outros. É utilizada pelas populações que vivem nas proximidades do manguezal para fins de construção civil, lenha, carvão e outros. O objetivo deste trabalho é analisar o potencial energético da madeira de Rhizophora mangle. Para este fim, foi realizado três tratamentos: T1 (madeira in natura), T2 (Carvão Vegetal) e T3 (Briquetes), com três repetições cada. A madeira de sapateiro apresentou densidade básica de 830kg/m3 e densidade aparente, a umidade de15,34%, de 911,83 kg/m3. Os briquetes apresentaram a maior densidade aparente e foi estatisticamente superior à madeira e ao carvão vegetal. O poder calorífico superior apresentado pela madeira, carvão e briquete foi respectivamente 4.435 kcal/kg, 6.504,33 kcal/kg e 4.435 kcal/kg. Como esperado, o processo de carbonização propiciou um ganho em poder calorífico superior, que no caso presente foi da ordem de 46,85%. A densidade energética variou de 3.177.042,49 kcal/m³ (madeira) a 4.111.991,54 kcal/m³ (briquete), confirmando que a espécie apresenta boas características para fins de produção energética.
Abstract: Rhizophora mangle is a native specie from the brazilian mangrove, it's known as shoemaker, red mangrove and others. It's used by populations that live towards mangroves with the objective to construction, firewood, coal and others. The main objective of this monography is to analyze the wood's energetic potential Rhizophora mangle. Therewith, it was made three treatments: T1 (wood in natura), T2 (charcoal) and T3 (Briquettes), with three repetations each. The shoemaker's wood showed the basic density of 830km/m³, and density, the moisture of 15,34%, of 911,83 kg/m³. The Briquette presented a bigger density and it was statistically superior than the wood and vegetal coal. The higtest calorific value showed by the wood, coal and briquete was respectively 4.435 kcal/kg, 6.504,33 kcal/kg and 4.435 kcal/kg. As expected, the carbonization process showed gain in higtest calorific value, that in this case, was of 46,85%. The the energy density varied from 3.177.042,49 kcal/m³ (wood) to 4.111.991,54 kcal/m³ (briquette), confirms that the specie produces good particulars to energetic production.
Informações adicionais: Trabalho de Conclusão de Curso (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Tecnologia, Departamento de Engenharia Florestal, 2018.
Aparece na Coleção:Engenharia Florestal



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons