Utilize este link para identificar ou citar este item: https://bdm.unb.br/handle/10483/21398
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2018_GavinJacome_tcc.pdf177,16 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Representações sociais do deficiente pelos seus responsáveis acompanhantes
Outros títulos: Social representations of the handicapped people by their guardians
Autor(es): Jácome, Gavin
Orientador(es): Rezende, Alexandre Luiz Gonçalves de
Assunto: Representações sociais
Famílias de crianças deficientes
Data de apresentação: 2018
Data de publicação: 14-Fev-2019
Referência: JÁCOME, Gavin. Representações sociais do deficiente pelos seus responsáveis acompanhantes. 2018. 17 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado e Licenciatura em Educação Física)—Universidade de Brasília, Brasília, 2018.
Resumo: A interpretação do que é o deficiente sempre esteve fortemente atrelada a conjuntura social dos momentos históricos pelos quais passou. Atualmente, apesar dos avanços, o deficiente ainda encontra muitas dificuldades, em partes, fruto da construção culturalmente montada a seu respeito, enxergando-os como inferiores e incapazes. Trata-se de uma pesquisa descritiva aonde a Teoria das Representações Sociais, que busca compreender os conceitos que estão atrelados a determinados fenômenos por parte de um grupo social, foi utilizada com objetivo de verificar como 33 responsáveis ou acompanhantes dos deficientes em um Centro de Ensino Especial os veem. Por meio da aplicação do questionário elaborado de acordo com a Técnica de Associação Livre das Palavras (TALP), foi realizada análise no software IRAMUTEQ, permitindo observar que a representação social desse grupo está vinculada ao “amor” e ao “preconceito”, interligadas pelo caráter “especial” do deficiente.
Abstract: The interpretation concerning the handicapped person has always been related to the social conjuctures of the historical moments through which it passed. Currently, in spite of the advances, the handicapped still face many difficulties. In parts, these difficulties derive from the way they are culturally constructed; in this regard, they are perceived as inferior and incapable. This is a descriptive study where the Theory of Social Representations, which seeks to understand the concepts that are linked certain phenomena by a social group, was used with the purpose of verifying how 33 guardians or companion person with disabilities in a Special Education Center see them. Through the application by questionnaire elaborated according to the Free Words Association Technique, the analysis was carried out in the IRAMUTEQ software, and it is possible to observe that the social representation of this group is linked to “love” and to “prejudice”, interconnected by the “special” character of the handicapped.
Informações adicionais: Trabalho de Conclusão de Curso (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação Física, 2018.
Aparece na Coleção:Educação Física



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons