Utilize este link para identificar ou citar este item: https://bdm.unb.br/handle/10483/21101
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2018_LiviaMottaMiranda_tcc_parcial.pdf247,75 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Práticas integrativas em saúde e seu potencial para o cuidado às gestantes no Distrito Federal
Outros títulos: Integrative practices in health and its potential for the care of pregnant women in the Federal District
Autor(es): Miranda, Lívia Motta
Orientador(es): Griboski, Rejane Antonello
Coorientador(es): Vieira, Ana Beatriz Duarte
Assunto: Parto humanizado
Cuidado pré-natal
Enfermagem obstétrica
Mulheres grávidas - saúde
Data de apresentação: Jun-2018
Data de publicação: 29-Nov-2018
Referência: MIRANDA, Lívia Motta. Práticas integrativas em saúde e seu potencial para o cuidado às gestantes no Distrito Federal. 2018. 33 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Enfermagem)—Universidade de Brasília, Brasília, 2018.
Resumo: Introdução: As manifestações fisiológicas próprias da gestação podem produzir desconfortos, que, frequentemente, são interpretados como manifestações patológicas. O manejo não farmacológico destes desconfortos e a atenção humanizada e integral à mulher são necessidades da assistência pré-natal. As Práticas Integrativas em Saúde (PIS) são recursos terapêuticos de baixo custo e de alta eficácia, que surgem como resposta ao modelo biomédico hegemônico. O presente estudo busca verificar a interface entre as PIS e o cuidado à gestante. Objetivo: Verificar como as Práticas Integrativas em Saúde estão operacionalizadas na busca pela humanização e integralidade da assistência pré-natal. Metodologia: Estudo descritivo de abordagem qualitativa, sendo utilizado como método de coleta de dados, a pesquisa documental. Para a interpretação dos dados foi utilizada a Análise de Conteúdo (AC) segundo os preceitos de Bardin (2009). Resultados: Foram analisados dados referentes a 11 das 14 práticas previstas pela Política Distrital de Práticas Integrativas em Saúde. Das 11 modalidades consideradas, oito apresentam conceituação, justificativa e benefícios gerais, em algum documento analisado. Por outro lado, três práticas não possuem referência em nenhum documento. Seis práticas referem benefícios ou particularidades da prática para gestantes. Apenas uma PIS apresenta protocolo de facilitação no serviço de saúde público. Conclusões: A busca pela interface entre a assistência à gestante e as Práticas Integrativas em Saúde apresentada por este estudo, demonstra que estas são recursos eficazes no manejo das manifestações fisiológicas próprias da gestação, podendo contribuir para as necessidades de mudanças do atual modelo biomédico de assistência pré-natal.
Abstract: Introduction: The physiological manifestations of pregnancy can produce discomforts, which are often interpreted as pathological manifestations. The non-pharmacological management of these discomforts and the humanized and integral attention to women are prenatal care needs. The Integrative Practices in Health (PIS) are low-cost, high-efficacy therapeutic resources that emerge as a response to the hegemonic biomedical model. The present study seeks to verify the interface between PIS and care for pregnant women. Objective: To verify how the Integrative Practices in Health are operationalized in the search for the humanization and integrality of prenatal care. Methodology: Descriptive study of a qualitative approach, being used as method of data collection, documentary research. For the interpretation of the data was used Content Analysis (CA) according to the precepts of Bardin (2009). Results: We analyzed data on 11 of the 14 practices foreseen by the District Policy on Integrative Practices in Health. Of the 11 modalities considered, eight present conceptualization, justification and general benefits, in some document analyzed. On the other hand, three practices have no reference in any document. Six practices refer to benefits or particularities of the practice for pregnant women. Only one PIS presents a facilitation protocol in the public health service. Conclusions: The search for the interface between the assistance to the pregnant woman and the Integrative Practices in Health presented by this study, demonstrates that these are effective resources in the management of the physiological manifestations of pregnancy and can contribute to the changing needs of the current biomedical care prenatal model.
Informações adicionais: Trabalho de Conclusão de Curso (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Departamento de Enfermagem, 2018.
Informações de Acesso e Conteúdo: Trabalho parcialmente liberado pela autora. Capítulos restritos: Metodologia, Resultados e Discussão.
Aparece na Coleção:Enfermagem



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons