Utilize este link para identificar ou citar este item: https://bdm.unb.br/handle/10483/21076
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2017_GirleneTorresDeAlmeida_tcc.pdf517,73 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Um olhar culturalmente sensível na prática psicopedagógica
Autor(es): Almeida, Girlene Torres de
Orientador(es): Tuxi, Patrícia
Assunto: Psicopedagogia
Sociolinguística
Alfabetização
Educação de crianças
Data de apresentação: 2017
Data de publicação: 22-Nov-2018
Referência: ALMEIDA, Girlene Torres de. Um olhar culturalmente sensível na prática psicopedagógica. 2017. 42 f., il. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização em Psicopedagogia Clínica e Institucional)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Resumo: A competência de leitura e escrita é fundamental para o bom desempenho escolar. Neste sentido, a escola tem papel preponderante na aquisição dessas competências que são base para as demais aprendizagens. Por diversos fatores, estudantes na fase de alfabetização acabam apresentando dificuldades. Diante disto, este trabalho relata a intervenção psicopedagógica realizada com um estudante de oito anos de idade. Ele não era alfabetizado e era emigrante de origem rural. Além da situação social e da condição de vulnerabilidade, enfrentava inúmeros preconceitos ao se deparar com a sociedade letrada. A partir da avaliação psicopedagógica, as intervenções centraram-se na construção da identidade do sujeito a partir da sua história de vida e dos elementos que remetiam à sua cultura. Foram realizadas cinco sessões de intervenção e como resultado concluiu-se que considerar os saberes do sujeito e resgatar sua história de vida foi essencial na promoção dos avanços em suas hipóteses na construção da escrita, o que pode ser observado na última sessão na qual o sujeito demonstrou maior conhecimento sobre o Sistema de Escrita Alfabético e a capacidade de superar seus limites por meio da mediação.
Abstract: Reading and writing skills are fundamental for a good performance at school. In this sense, schools play a preponderant role in the acquisition of these skills, which constitute the scaffolding upon which other knowledge are based on. For several reasons, students in the literacy phase end up having learning difficulties. In view of this, the present study reports a psychopedagogic intervention carried out with an eight-year-old student. He was not literate and was an emigrant with a rural background. In addition to this social situation and to his vulnerable condition, the student also faced innumerable prejudices when coming across a literate society. Based on the psychopedagogic evaluation, the interventions were centered in the construction of the subject’s identity, which stemmed from his life story and from the elements referring to his culture. Five intervention sessions were carried out, and as a result, it was concluded that taking the subject’s knowledge into account and rescuing his life story was essential for the promotion of improvements in the construction of his writing skills, which can be observed in the last session, where he demonstrated a broader knowledge of the Alphabetic Writing System and the capacity to overcome his limits through mediation.
Informações adicionais: Trabalho de Conclusão de Curso (especialização)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Departamento de Psicologia Escolar e do Desenvolvimento, 2017.
Aparece na Coleção:Psicopedagogia Clínica e Institucional



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons