Utilize este link para identificar ou citar este item: https://bdm.unb.br/handle/10483/20228
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2017_BeatrizVentura_tcc.pdf718,79 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Participação política não institucional : uma análise da produção da ciência política brasileira a partir dos anais da ABCP
Autor(es): Ventura, Beatriz
Orientador(es): Trindade, Thiago Aparecido
Assunto: Participação política
Ciência política
Produção científica
Data de apresentação: 2017
Data de publicação: 4-Jun-2018
Referência: VENTURA, Beatriz. Participação política não institucional: uma análise da produção da ciência política brasileira a partir dos anais da ABCP. 2017. 44 f., il. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Ciência Política)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Resumo: O presente trabalhou procurou, através do levantamento dos dados dos trabalhos apresentados na Área Temática de Participação da Associação Brasileira de Ciência Política (ABCP) analisar o perfil da produção teórica sobre participação na ciência política brasileira na tentativa de avaliar o quanto a dimensão institucional privilegiada pelos estudiosos da área em detrimento de outras modalidades participativas. Procurou ainda verificar a ocorrência de alguma inflexão na produção teórica sobre participação bem como as razões que poderiam explicar tal fenômeno. Para isso, o trabalho foi divido em três capítulos, além de uma introdução e das considerações finais. O primeiro capítulo foi destinado a um debate teórico sobre o conceito de participação e suas principais formas, através das quais a participação política dos cidadãos se manifestam na realidade. O segundo capítulo por sua vez destinou-se a análise de como se construiu o debate sobre participação na ciência política brasileira no período posterior à Constituição Federal de 1988. Já o terceiro capítulo e último capítulo demonstrou os dados referente aos trabalhos da ABCP na Área Temática de Participação Política. Por fim, são apresentadas as considerações finais sobre a pesquisa realizada.
Abstract: The present work seeks to analyze the profile of theoretical production regarding participation in Brazilian politics in an attempt to evaluate the institutional dimensions privileged by Brazilian political sciencists — to the detriment of other participatory modalities. It also tries to verify the occurrence of some inflection in the theoretical production on participation as well as potential explainations for this phenomenon. The work is divided into three chapters not including an introduction and conclusion. The first chapter is devoted to a theoretical debate on the concept of participation and its main forms, through which the political participation of citizens is manifested in reality. The second chapter is devoted to the analysis of how the debate about participation in Brazilian political science was built in the period after the Federal Constitution of 1988. The third chapter and last chapter demonstrate the data regarding ABCP's work in the Thematic Area of Political Participation. In a retrospective and clarifying move, the final considerations clear up questions pertaining to the collection and presentation of data.
Informações adicionais: Trabalho de Conclusão de Curso (graduação)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciência Política, 2017.
Aparece na Coleção:Ciência Política - Graduação



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons