Utilize este link para identificar ou citar este item: https://bdm.unb.br/handle/10483/20084
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2017_LuanaSilvaAlcantara.pdf602,4 kBAdobe PDFver/abrir
Título: A atuação do enfermeiro e as boas práticas de atenção ao parto e nascimento : um relato de experiência
Outros títulos: Nursing performance and good practices in childbirth and birth care : an experience report
Autor(es): Alcântara, Luana Silva
Orientador(es): Griboski, Rejane Antonello
Assunto: Parto (Obstetrícia)
Humanização do parto
Enfermagem - assistência
Enfermagem obstétrica
Data de apresentação: 5-Dez-2017
Data de publicação: 10-Mai-2018
Referência: ALCÂNTARA, Luana Silva. A atuação do enfermeiro e as boas práticas de atenção ao parto e nascimento: um relato de experiência. 2017. 30 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Enfermagem)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Resumo: Introdução: A gestação e o parto tem um significado muito importante na vida da mulher e da família, entretanto, esse é um período de maior vulnerabilidade, onde a mulher fica sujeita a uma série de intervenções que, quando realizadas desnecessariamente ou de forma inadequada, podem ter um efeito negativo na vida do binômio mãe-filho e família. Objetivo geral: Relatar, a partir da observação como estagiária, as ações das/os enfermeiras/os em atenção/assistência obstétrica em parto relacionada às boas práticas ao parto e nascimento. Metodologia: Trata-se de um relato de experiência, de abordagem descritiva e analítica, desenvolvido a partir da observação in loco para compreender as experiências vividas sobre as reações diante das intervenções realizadas durante o trabalho de parto e parto. Resultados e Discussão: Foi realizado um comparativo entre a assistência da enfermagem em dois locais de atenção, em âmbito hospitalar e centro de parto normal, no primeiro a assistência direta ao parto é realizada somente pela equipe medica, o parto é tratado como evento patológico e com uma série de intervenções, já no segundo, exclusivamente pela enfermagem obstétrica, respeitando a fisiologia do parto, observando as diferenças de abordagem, bem como a participação da parturiente nos processos decisórios. De acordo com as Diretrizes, Programas e Projetos de humanização do parto e nascimento e evidências cientificas já publicadas, foi possível detectar que, as intervenções, quando mal indicadas, entram em discordância com o preconizado pelo Ministério da Saúde. Considerações Finais: O modelo de atenção ao parto hospitalar necessita de uma série de mudanças, que já estão sendo implementadas com a participação no projeto do Ministério da Saúde, mas é necessário que, de acordo com o comparativo traçado, a enfermagem obstétrica atue ativamente em partos de rico habitual, haja diminuição do número de intervenções e maior respeito pelas decisões da parturiente e seu acompanhante.
Abstract: Introduction: Pregnancy and childbirth have a very important meaning in the life of the woman and the family, however, this is a period of greater vulnerability, where the woman is subjected to a series of interventions that, when performed unnecessarily or inappropriately, may have a negative effect on the life of the motherchild binomial and family. General objective: To report, from observation as an intern, the actions of nurses in obstetric care / assistance in childbirth related to good practices at delivery and birth. Methodology: This is an experience report, with a descriptive and analytical approach, developed from the observation in loco to understand the lived experiences about the reactions to the interventions performed during labor and delivery. Results and discussion: A comparative study was performed between nursing care in two care settings, in the hospital setting and normal delivery center, in the first direct care delivery is performed only by the medical team, the delivery is treated as a pathological event and with a series of interventions, already in the second, exclusively by obstetric nursing, respecting the physiology of childbirth, observing the differences of approach, as well as the participation of the parturient in the decision-making processes. According to the Guidelines, Programs and Projects for humanization of childbirth and birth and scientific evidence already published, it was possible to detect that, when poorly indicated, the interventions are in disagreement with that recommended by the Ministry of Health. Final considerations: The hospital delivery model requires a series of changes, which are already being implemented with participation in the Ministry of Health project, but it is necessary that, according to the comparative outline, obstetric nursing act actively in births, decreasing the number of interventions and raising the respect for the decisions of the parturient and her companion.
Informações adicionais: Trabalho de Conclusão de Curso (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Departamento de Enfermagem, 2017.
Aparece na Coleção:Enfermagem



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons