Utilize este link para identificar ou citar este item: https://bdm.unb.br/handle/10483/19455
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2017_ThaisMalaquiasRufino_tcc.pdf2,95 MBAdobe PDFver/abrir
Título: Do individual ao coletivo, da história à ficção : a busca pela memória e seus movimentos em Valsa com Bashir, Notas Sobre Gaza e Maus
Autor(es): Rufino, Thais Malaquias
Orientador(es): Dalcastagnè, Regina
Assunto: Memória
Identidade
Romance gráfico
Data de apresentação: 2017
Data de publicação: 19-Fev-2018
Referência: RUFINO, Thais Malaquias. Do individual ao coletivo, da história à ficção: a busca pela memória e seus movimentos em Valsa com Bashir, Notas Sobre Gaza e Maus. 2017. 51 f., il. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Letras Português)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Resumo: Criar narrativas sobre si e das suas próprias relações com o mundo implica fixar e registrar, as experiências vividas. Para isso, é necessário que o indivíduo se lembre de cada etapa da sua trajetória e consiga remontar, de forma fiel, o evento vivido. Nesse sentido, nada mais natural que o indivíduo utilize por vezes sua memória para realizar este processo. Uma vez a memória fixada, seu impacto é significativo na coletividade, sobretudo em relação à construção e consolidação da cultura e do imaginário coletivo de um grupo ou nação. Logo, contar e registrar a memória envolve também aspectos da vida em sociedade. Com o apreço pela memória e pelo passado agindo em conjunto com as ações de consolidação de uma história para um grupo ou nação, as ideias de legado de um povo que cresceram nos períodos entre guerras e pós-guerras, não é possível mais discutir memória e história sem discutir certas relações de poder. Quem decide o que merece ser registrado? Quem está na História e quem está fora dela? São essas problemáticas que discutirei neste trabalho, analisando como a busca pela memória, o relato memorial e a reconstrução com motivação histórica se desenvolve nos quadrinhos Valsa com Bashir (2009) de Ari Folman, Notas sobre Gaza (2010) de Joe Sacco e Maus (1986) de Art Spiegelman.
Informações adicionais: Trabalho de Conclusão de Curso (graduação)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Teoria Literária e Literaturas, 2017.
Aparece na Coleção:Letras - Português



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons