Utilize este link para identificar ou citar este item: https://bdm.unb.br/handle/10483/18510
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2017_MariaFrancineteDeAraujo_tcc.pdf316,24 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Mulher idosa e violência : uma revisão integrativa
Outros títulos: Elderly women and violence : an integrative review
Autor(es): Araújo, Maria Francinete dos Santos
Orientador(es): Griboski, Rejane Antonello
Assunto: Violência contra as mulheres
Mulheres idosas
Mulheres - violência
Idosos
Data de apresentação: 2017
Data de publicação: 8-Dez-2017
Referência: ARAÚJO, Maria Francinete dos Santos. Mulher idosae violência: uma revisão integrativa. 2017. 22 f. Trabalho de conclusão de curso (Bacharelado em Enfermagem)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Resumo: Objetivo: analisar a prevalência da violência contra a mulher idosa (≥60 anos) e o papel dos profissionais de enfermagem no enfrentamento à violência contra a mulher idosa, segundo artigos científicos publicados entre os anos de 2011 a 2015. Método: pesquisas nas bases de dados LILACS, ScIELO, MEDLINE, BDENF, seguida de análise detalhada dos 16 trabalhos selecionados de acordo com o conteúdo, a pesquisa e a data de publicação. Resultados: levantamento sociodemográfico dos casos de violência contra idosos; atendimento de saúde aos idosos vítimas de violência; prevalência e fatores associados à violência contra idosos; identificação da percepção e conduta dos profissionais de saúde sobre violência contra idosos; análise das publicações sobre violência contra a mulher idosa; conhecimento científico sobre maus-tratos contra idosos; análise de ocorrências e fatores associados à violência contra a mulher. Conclusão: observou-se que a maioria das denúncias de violência contra idosos traz a mulher como a principal vítima. O papel do profissional de enfermagem no enfrentamento à violência contra a mulher idosa foi abordado em apenas dois dos artigos, o que faz necessário que essa categoria realize novos estudos sobre a temática e ser proativo no sentido de contribuir com ações de enfrentamento à violência contra a mulher idosa.
Abstract: Objective: to analyze the prevalence of violence against older women (≥60 years old) and the role of nursing professionals in coping with violence against older women, according to scientific articles published between the years 2011 and 2015. Method: LILACS, ScIELO, MEDLINE, BDENF, followed by a detailed analysis of the 16 papers selected according to the content, the research and the date of publication. Results: sociodemographic survey of cases of violence against the elderly; health care for the elderly victims of violence; prevalence and factors associated with violence against the elderly; identification of the perception and conduct of health professionals about violence against the elderly; analysis of publications on violence against older women; scientific knowledge about ill-treatment of the elderly; analysis of occurrences and factors associated with violence against women. Conclusion: it was observed that the majority of the denunciations of violence against the elderly brings the woman as the main victim. The role of the nursing professional in dealing with violence against older women has been addressed in only two of the articles, which makes it necessary to carry out new studies about the subject and be proactive in contributing to actions to combat violence against old woman.
Informações adicionais: Trabalho de conclusão de curso (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Departamento de Enfermagem, 2017.
Aparece na Coleção:Enfermagem



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons