Utilize este link para identificar ou citar este item: https://bdm.unb.br/handle/10483/17373
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_MarianeSanchesLeoneldeSousa_tcc.pdf1,29 MBAdobe PDFver/abrir
Título: Percepção dos profissionais enfermeiros sobre a inserção do sanitarista na rede de atenção à saúde do Distrito Federal
Autor(es): Sousa, Mariane Sanches Leonel de
Orientador(es): Cruz, Mariana Sodario
Assunto: Atenção primária à saúde
Profissionais de saúde
Data de apresentação: 6-Dez-2016
Data de publicação: 11-Jul-2017
Referência: SOUSA, Mariane Sanches Leonel de. Percepção dos profissionais enfermeiros sobre a inserção do sanitarista na rede de atenção à saúde do Distrito Federal. 2016. 86 f., il. Trabalho de conclusão de curso (Bacharelado em Saúde Coletiva)—Universidade de Brasília, Brasília, 2016.
Resumo: Levando em consideração que o contexto de reorientação do modelo de atenção à saúde preconizado pelo Sistema Único de Saúde (SUS), proporcionou a antecipação da formação do profissional sanitarista, através da criação do curso de graduação em saúde coletiva, o presente estudo teve como objetivo identificar a percepção de profissionais enfermeiros atuantes em cargos de gerência da atenção primária à saúde - APS sobre a inserção do profissional sanitarista na rede de atenção à saúde da SES-DF, e comparar a formação de enfermeiros e sanitaristas no âmbito gerencial, a partir de seus Projetos Políticos Pedagógicos de Curso – PPP’s. Foram realizadas entrevistas com os gerentes que estavam dentro dos critérios de inclusão e aceitaram participar do estudo e uma análise dos PPP’s de ambos os cursos, priorizando habilidades e competências gerenciais. Os resultados demostraram a percepção dos enfermeiros gerentes sobre as possíveis contribuições que os profissionais sanitaristas graduados podem trazer ao contexto da APS, a partir de sua provável inserção profissional no SUS e contextualizam a abordagem gerencial e gestora preconizada na formação de enfermeiros e sanitaristas em seus respectivos projetos políticos pedagógicos, demonstrando diferenças e similaridades importantes entre as duas profissões. A pesquisa contribuiu para ampliação dos conhecimentos sobre a formação acadêmica e atuação profissional de enfermeiros e sanitaristas nos espaços de gestão e gerencia do SUS no âmbito APS, visto que os dois cursos de graduação formam profissionais com potencial perfil para o gerenciamento do trabalho em saúde.
Abstract: Taking into account that the context of reorientation of the model of health care advocated by the Unified Health System (SUS) provided the anticipation of the formation of the health professional, through the creation of the graduation course in collective health, the present study aimed to identify The perception of nurses working in positions of management of primary health care on the insertion of the sanitary professional in the health care network of Health's Secretary, and to compare the training of nurses and sanitarians in the managerial scope, from their Political Educational Projects of Course - EPC. Interviews were conducted with managers who were within the inclusion criteria and accepted to participate in the study, and an analysis of the EPC of both courses prioritizing managerial skills and competences. The results showed the perception of the nurses managers about the possible contributions that graduated health professionals can bring to the context of primary health care based on their probable professional insertion in the SUS and contextualize the managerial and managerial approach recommended in the training of nurses and sanitarians in their respective projects Pedagogical policies, demonstrating important differences and similarities between the two professions. The research contributed to increase the knowledge about the academic formation and professional performance of nurses and sanitarians in SUS management and administration spaces within the APS framework, since the two undergraduate courses are professionals with a potential profile for the management of health work.
Informações adicionais: Trabalho de conclusão de curso (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ceilândia, 2016.
Aparece na Coleção:Saúde Coletiva



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons