Utilize este link para identificar ou citar este item: https://bdm.unb.br/handle/10483/15816
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2015_LudmilaDeSouzaRochaAlmeida_tcc.pdf560,12 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Educação inclusiva de qualidade : à luz da docência humanista
Autor(es): Almeida, Ludmila de Souza Rocha
Orientador(es): Caixeta, Juliana Eugênia
Assunto: Aprendizagem
Deficientes
Inclusão escolar
Educação inclusiva
Data de apresentação: 2015
Data de publicação: 20-Jan-2017
Referência: ALMEIDA, Ludmila de Souza Rocha. Educação inclusiva de qualidade: à luz da docência humanista. 2015. 20 f. Monografia (Especialização em Desenvolvimento Humano, Educação e Inclusão Escolar)—Universidade de Brasília, Universidade Aberta do Brasil, Brasília, 2015.
Resumo: A inclusão requisita empenho dos profissionais da escola para que a qualidade seja garantida e construída no processo de ensino e de aprendizagem de todos os alunos inseridos na escola inclusiva. Esta pesquisa investiga as práticas pedagógicas da Escola Diversidade, nome fictício, para promover, a qualidade do ensino e da aprendizagem dos alunos com deficiência inseridos em classe inclusiva no Ensino Fundamental. Qualidade de ensino é entendida como um constructo complexo que tem, menos a ver com indicadores de desempenho escolar, quantidade de insumos mínimos por aluno para garantia do processo de educação formal, e mais com a formação e atuação de professores na relação com seus alunos. Dessa forma, a qualidade da educação se relaciona com uma atuação ética dos professores capaz de permitir a mediação da aprendizagem. Foi utilizada a metodologia qualitativa de pesquisa. Como técnicas, foram utilizadas a entrevistas semi-estruturadas e a observação. Participaram da pesquisa duas professoras da educação básica e seus alunos. Os resultados mostraram que a Escola Diversidade desenvolve atividades variadas e oferta apoio educacional especializado aos estudantes com deficiências. Também procura investir na formação continuada dos professores. No que se refere às professoras, verificou-se que elas apresentam uma atuação humanista, determinante para o sucesso do processo de inclusão de seus alunos.Logo, a docência humanista, entendida como aquela que se implica em um desejo intencional de atuar com o outro na construção colaborativa do conhecimento, é um indicador de qualidade na construção da educação inclusiva, sendo irrefutável a necessidade de uma consciente busca pessoal, social e profissional, cooperativa, reflexiva, em constante formação, aliada à equipe escolar e à família dos alunos, de modo a promover a inclusão com bases em práticas pedagógicas qualitativas.
Informações adicionais: Monografia (especialização)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Departamento de Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano, Programa de Pós-Graduação em Processos de Desenvolvimento Humano e Saúde, 2015.
Aparece na Coleção:Desenvolvimento Humano, Educação e Inclusão Escolar



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons