Utilize este link para identificar ou citar este item: https://bdm.unb.br/handle/10483/15413
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_JessicaThalitaFernandesAlvesdaSilva_parcial.pdf683,36 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Influência do 4-hidróxitamoxifeno sobre a viabilidade de células da granulosa saudáveis considerando o contexto do câncer de mama.
Autor(es): Silva, Jéssica Thalita Fernandes Alves da
Orientador(es): Souza, Danielle Kaiser de
Coorientador(es): Salles, Loise Pedrosa
Assunto: Mamas - câncer
Câncer - tratamento
Medicamentos - efeitos colaterais
Data de apresentação: 2016
Data de publicação: 3-Jan-2017
Referência: SILVA, Jéssica Thalita Fernandes Alves da. Influência do 4-hidróxitamoxifeno sobre a viabilidade de células da granulosa saudáveis considerando o contexto do câncer de mama. 2016. [56] f., il. Trabalho de conclusão de curso (Bacharelado em Farmácia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2016.
Resumo: Introdução: O câncer é uma das doenças mais incidentes atualmente e dentre os tipos mais comuns está o câncer de mama. Este tipo de câncer é raro em mulheres antes dos 35 anos, porém mulheres nesta faixa etária também podem ser acometidas apresentando prognóstico pior quando comparado a mulheres mais velhas. Quando o câncer de mama apresenta resposta endócrina, o tratamento de escolha é a terapia endócrina, no qual há indicação na literatura do uso de tamoxifeno 20 mg/dia durante um período de 5-10 anos, sua metabolização resulta em produtos, como o 4-hidróxitamoxifeno. Objetivos: avaliar os efeitos que o 4-hidróxitamoxifeno possui sobre a viabilidade de células da granulosa que compõem o folículo ovariano e influenciam diretamente a maturação ovocitária. Métodos: As células da granulosa foram obtidas a partir de ovários bovinos (espécie Bos taurus). Para avaliar o efeito de 4-hidróxitamoxifeno, as células da granulosa foram cultivadas na presença de 0μM, 1 μM e 2 μM de 4-hidróxitamoxifeno, em seguida incubou-se as células com o metabólito por um período de 48 horas. Utilizou-se como metodologias de análise PCR real time para os genes BAX, BCL2 e actina, o teste de exclusão por trypan blue, MTT e avaliação morfológica. Resultados e discussão: o grupo 0 μM apresentou maior proporção de células viáveis evidenciadas pelo padrão morfológico normal, baixas quantidades de células coradas por trypan blue (31,2%), alta atividade mitocondrial no teste de MTT e genes com perfil de expressão que denota atividade antiapoptótica. Os grupos 1 μM e 2 μM apresentaram 0% de viabilidade, baseado no trypan blue, e 31,15 e 29,8%, respectivamente, baseado na metodologia MTT. Assim, indica-se altas taxas de morte celular, sendo que a expressão gênica não foi concordante com o perfil de viabilidade encontrado in vitro. Conclusão: Tamoxifeno foi citotóxico para as células da granulosa em cultura.
Abstract: Introduction: Cancer is one of most incident diseases in Brazil and, among them, is found the breast cancer. This type of cancer is rare in women younger than 35 years old, however when it is developed before this age the prognostic is worst compared to older women. Tumors, which demonstrates endocrine response detected by estrogen receptors presence, endocrine therapy is indicated: tamoxifen 20 mg/day during 5-10 years. Its biotransformation generates active metabolites, as 4-hydroxytamoxifen. Objective: Evaluate 4-hydroxytamoxifen effects on granulosa cells viablity that compose ovarian follicle and influence directly oocyte maturation. Methods: Granulosa cells were obtained from bovine ovary (Bos Taurus). The 4-hydroxytamoxifen effects were evaluated on granulosa cells by culturing in presence of 0μM, 1 μM and 2 μM 4-hydroxitamoxifen during 48 hours. PCR real time analysis for Bax, Bcl-2 and actin, trypan blue exclusion test, MTT and morphological analysis were performed after culture. Results: Group 0μM demonstrated higher levels of viable cells in terms of morphological aspects, 31,2% of unviable cells measured by trypan blue and gene expression that denotes antiapoptotic activity. After culture on 1 μM and 2 μM groups, 0% of viable cells, based on trypan blue, and 31,15 and 29,8% based on MTT. Death cells rates were higher while gene expression profile was not in accordance to viability in vitro. Conclusion: Tamoxifen demonstrated cytotoxic effects on granulosa cells in culture.
Informações adicionais: Trabalho de conclusão de curso (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ceilândia, Curso de Farmácia, 2016.
Informações de Acesso e Conteúdo: Texto parcialmente liberado pela autora. Conteúdo restrito: Resultados, Conclusão e Discussão.
Aparece na Coleção:Farmácia



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons