Utilize este link para identificar ou citar este item: https://bdm.unb.br/handle/10483/15110
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2015_RenataCarvalhodeLima.pdf2,97 MBAdobe PDFver/abrir
Título: Influência do pré-tratamento com etanol na cinética de secagem, teor de cumarina e estrutura das folhas de guaco (Mikania glomerata Sprengel / Mikania laevigata Sch. Bip. ex Baker)
Outros títulos: Influence of pre-treatment with ethanol in the drying kinetics, coumarin content and structure of guaco leaves (Mikania glomerata Sprengel / Mikania laevigata Sch. Bip. ex Baker)
Autor(es): Lima, Renata Carvalho de
Orientador(es): Damasceno, Tamara Ângelo de Oliveira Santos
Coorientador(es): Martins, Paula Melo
Assunto: Plantas medicinais
Matéria médica vegetal
Data de apresentação: Jun-2015
Data de publicação: 3-Nov-2016
Referência: LIMA, Renata Carvalho de. Influência do pré-tratamento com etanol na cinética de secagem, teor de cumarina e estrutura das folhas de guaco (Mikania glomerata Sprengel / Mikania laevigata Sch. Bip. ex Baker). 2015. 93 f., il. Monografia (Bacharelado em Farmácia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2015.
Resumo: As plantas da família Asteraceae vêm sendo estudadas em virtude da sua composição química, atividade farmacológica e uso popular. Tendo em vista a relevância das etapas de processamento de plantas medicinais na conservação das substâncias ativas e qualidade dos fitoterápicos, esse trabalho teve como objetivo avaliar a influência do pré-tratamento com etanol na cinética de secagem, teor de cumarina e estrutura das folhas de guaco. A secagem foi direcionada por um planejamento fatorial de experimentos com duas variáveis e três níveis (32). O pré-tratamento consistiu na mergulhia das folhas de guaco em etanol (40, 70% e álcool etílico absoluto) por tempos distintos (5, 45 e 85 segundos) à temperatura ambiente. Os experimentos de secagem foram conduzidos em estufa, utilizando temperatura de 50⁰C. Os dados de secagem das folhas de guaco foram ajustados aos modelos matemáticos de Page, Page modificado e Henderson e Pabis. Para verificar a influência do pré-tratamento no teor de cumarina e na estrutura foliar do guaco, foi validado um método por cromatografia líquida de alta eficiência e realizada a análise de superfície por microscopia eletrônica de varredura, respectivamente. O uso do pré-tratamento com etanol nas folhas de guaco aumentou a remoção do conteúdo de umidade durante a secagem e reduziu o tempo do processo. Além disso, o teor de cumarina obtido para o tratamento no ponto ótimo foi superior a todos os resultados prévios, sendo cerca de duas vezes maior em comparação ao controle.
Abstract: The plants of Asteraceae family have been studied due to its chemical composition, pharmacological activity and medicinal use. Given the importance of medicinal plants processing steps in conservation of active substances and quality of herbal medicines, this study aimed to evaluate the effect of pretreatment with ethanol in drying kinetics, coumarin content and structure of guaco leaves. Drying was directed by a factorial design of experiments with two variables and three levels (32). The pretreatment consisted of layering leaves of guaco in ethanol (40, 70% and absolute ethyl alcohol) for different times (5, 45 and 85 seconds) at room temperature. The drying experiments were conducted in greenhouse dryer using 50⁰C temperature. The drying of guaco data leaves were adjusted to Page, Page and Henderson and modified Pabis mathematical models. To check the influence of the pretreatment on coumarin content and leaf structure of guaco, it was validated a method for liquid chromatography of high efficiency and performed the surface analysis by scanning electron microscopy. The use of pretreatment with ethanol in guaco leaves increased removal of the moisture content during drying and reducing the process time. Furthermore, the coumarin content obtained for the optimum treatment was superior to all previous results, about two times higher compared to the control.
Informações adicionais: Monografia (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ceilândia, Curso de Farmácia, 2015.
Aparece na Coleção:Farmácia



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons