Utilize este link para identificar ou citar este item: https://bdm.unb.br/handle/10483/14250
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_AllannhThaadeuYgooCorreadaCosta_tcc.pdf1,1 MBAdobe PDFver/abrir
Título: Relação preço e lucro das companhias abertas e geração de valor para o acionista
Autor(es): Costa, Allannh Thaadeu Ygoo Correa da
Orientador(es): Medeiros, Otávio Ribeiro de
Assunto: Ações (Finanças)
Lucro contábil
Empresas - lucratividade
Mercado acionário brasileiro
Investimentos
Data de apresentação: 2016
Data de publicação: 19-Ago-2016
Referência: COSTA, Allannh Thaadeu Ygoo Correa da. Relação preço e lucro das companhias abertas e geração de valor para o acionista. 2016. 47 f., il. Monografia (Bacharelado em Ciências Contábeis)—Universidade de Brasília, Brasília, 2016.
Resumo: Sabe-se que há uma relação significativa entre lucro e preço da ações e esse trabalho buscou através da literatura vigente expor os principais e atuais estudos presentes na literatura acadêmica sobre o comportamento do preço das empresas na divulgação do lucro contábil. No trabalho focou-se nos estudos de Ball e Brown como sendo os pioneiros desse tema, passando por diversos autores que estudam o porque do mercado de surpreender com os post dos balanços, em específico, o lucro contábil. O foco não foi em adicionar announcementsnovas variáveis mas apenas confirmar o que já está constatado na literatura, explicando as vertentes de cada autor. Paralelamente, há também a apresentação de conceitos básicos de contabilidade e análise fundamentalista de empresas para o pequeno investidor mostrando que a bolsa de valores é uma ótima ferramenta de acumulo de capital no longo prazo, passando pela reaplicação de dividendos, análise de múltiplos, hipótese do mercado eficiente, ações preferenciais, finanças comportamentais. Por fim, o estudo conclui positivamente as três hipóteses formuladas de que: É possível capturar a precificação das ações em função do lucro das empresas através de um modelo de regressão linear simples, a precificação ocorre com uma defasagem de um trimestre, tendo em vista que esse é o prazo médio em que as empresas divulgam seus balanços após o encerramento do exercício contábil e por último de que modelo utilizado mostra que o mercado acionário brasileiro é eficiente na forma semiforte.
Informações adicionais: Monografia (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Departamento de Ciências Contábeis e Atuariais, 2016.
Aparece na Coleção:Ciências Contábeis



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons