Utilize este link para identificar ou citar este item: https://bdm.unb.br/handle/10483/1205
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2010_HugoCarvalhoMarques.pdf595,64 kBAdobe PDFver/abrir
Título: O endomarketing como fator competitivo
Autor(es): Marques, Hugo Carvalho
Orientador(es): Ribeiro, Walter Eustáquio
Assunto: Endomarketing
Comportamento organizacional
Comprometimento organizacional
Motivação no trabalho
Data de apresentação: 31-Ago-2010
Data de publicação: 4-Nov-2010
Referência: MARQUES, Hugo Carvalho. O endomarketing como fator competitivo. 2010. 55 f. Monografia (Bacharelado em Administração)-Universidade de Brasília, Brasília, 2010.
Resumo: O presente trabalho visa apresentar o tema endomarketing, busca-se evidenciar a importância de se motivar, estimular, interagir, qualificar e conseqüentemente comprometer os clientes internos, ou seja, os funcionários ou colaboradores, para que os mesmos possam prestar serviços que atendam a necessidade dos clientes externos. Para isso foram realizadas diversas revisões bibliográficas em temas pertinentes à área em questão e um estudo de caso na empresa X – uma empresa de marketing e eventos onde tem sua matriz em Brasília-DF. O estudo de caso apresentado busca contextualizar de forma prática a aplicação das ações de endomarketing em uma empresa de serviço. Para tanto foram aplicados questionários e observação direta a fim de identificar se há uma política de endomarketing e se a mesma pode ser vista como um diferencial competitivo, além de analisar as condições físicas e motivacionais do ambiente de trabalho dos colaboradores, essas informações subsidiaram as posteriores propostas apresentadas. De uma forma geral, observa-se que o investimento nos funcionários é parte integrante do processo de planejamento de marketing de uma empresa, ou seja, colaboradores que visualizam sua importância e reconhecimento na organização tende a se comprometer em manter uma imagem positiva do seu local de trabalho. E a aplicação das estratégias de endomarketing permite que tanto as empresas prestadoras de serviços como as do setor de produção mantenham uma equipe de trabalho disposta a oferecer produtos e serviços de qualidade e que façam a diferença no mercado.
Informações adicionais: Monografia (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Departamento de Administração, 2010.
Aparece na Coleção:Administração



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons