Utilize este link para identificar ou citar este item: https://bdm.unb.br/handle/10483/1177
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2010_DianaAndradeRodrigues.pdf220,53 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Discurso organizacional da criatividade : uma análise crítica em uma associação
Autor(es): Rodrigues, Diana de Andrade
Orientador(es): Siqueira, Marcus Vinícius Soares
Assunto: Discurso organizacional
Administração de pessoal
Comportamento organizacional
Data de apresentação: 1-Set-2010
Data de publicação: 29-Out-2010
Referência: RODRIGUES, Diana de Andrade. Discurso organizacional da criatividade: uma análise crítica em uma associação. 2010. 69 f. Monografia (Bacharelado em Administração)-Universidade de Brasília, Brasília, 2010.
Resumo: O discurso da criatividade das organizações do setor privado é o centro desta pesquisa que teve como objetivo analisar o discurso de uma associação no que diz respeito à criatividade, por meio da análise do discurso dos dirigentes contraposto à percepção dos trabalhadores. A idéia vigente durante todo o estudo foi de analisar criticamente as faces da ideologia e imaginário da associação a fim de conhecer a fundo seu discurso de criatividade. Para tanto, foi feito um estudo de caso em uma associação que possui atributos suficientes e representativos do setor privado. A abordagem foi qualitativa e a amostra não-probabilística foi formada por oito entrevistados, dentre os quais atuais e ex-empregados, com cargos de chefia ou não da organização. Os dados foram obtidos por meio de entrevista semi-estruturada e a análise dos resultados baseia-se em três categorias: a) poder, controle e autonomia; b) discurso organizacional e c) discurso organizacional da criatividade. Observou-se como principal forma de controle a gestão pelo afetivo, utilizando-se tanto da sedução, como da fascinação. O discurso organizacional foi caracterizado pelas seguintes categorias: competitividade entre funcionários, meritocracia, continuidade da excelência e promessas. Apesar de não haver formalizado um discurso da criatividade pode-se observar um ideal de liberdade e autonomia vigente no ambiente de trabalho.
Informações adicionais: Monografia (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Departamento de Administração, 2010.
Aparece na Coleção:Administração



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons