Utilize este link para identificar ou citar este item: https://bdm.unb.br/handle/10483/10329
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2014_LeonardoPasseriDeSouza.pdf1,49 MBAdobe PDFver/abrir
Título: Os desafios na prevenção e controle de infecção hospitalar a âmbito institucional : uma discussão a partir da análise do cenário de uma instituição de saúde brasileira
Autor(es): Souza, Leonardo Passeri de
Orientador(es): Araújo, Wildo Navegantes de
Assunto: Infecção hospitalar
Instituições de saúde
Hospitais
Data de apresentação: 8-Dez-2014
Data de publicação: 30-Abr-2015
Referência: SOUZA, Leonardo Passeri de. Os desafios na prevenção e controle de infecção hospitalar a âmbito institucional: uma discussão a partir da análise do cenário de uma instituição de saúde brasileira. 2014. 92 f., il. Monografia (Bacharelado em Saúde Coletiva)—Universidade de Brasília, Ceilândia - DF, 2014.
Resumo: Considerando que ainda existem grandes desafios no processo de prevenção e controle de infecção hospitalar a serem enfrentados, principalmente por parte das instituições de saúde, esse estudou buscou discutir sobre os desafios na prevenção e controle de infecção hospitalar a âmbito institucional, a partir da análise do cenário de uma instituição de saúde brasileira pública localizada na unidade federativa do Distrito Federal. Para isso, foi feito um diagnóstico situacional da prevenção e controle de infecção hospitalar da instituição, que consistiu na identificação das ações desenvolvidas e da construção de um modelo lógico. Além disso, foi feita uma descrição dos desafios na prevenção e controle de infecção hospitalar enfrentados pela instituição a partir da percepção dos principais atores envolvidos na gestão da prevenção e controle de infecção hospitalar da instituição de saúde, que para fins desse estudo, consistiu nos membros da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH) da instituição. Constatou-se que, o diagnóstico situacional da instituição, comparado a de outras instituições, se mostra positivo, mesmo com a identificação de algumas ações importantes não serem desenvolvidas. Em relação aos desafios, as questões levantadas evidenciam que os desafios inerentes ao processo de prevenção e controle de infecção hospitalar podem perpassar por vários contextos, abarcando desde questões relacionadas à lacunas na estrutura institucional até limitações no arcabouço político-legal da prevenção e controle de infecção hospitalar. A discussão trazida nesse estudo, mostra que, torna-se imprescindível a constituição de esforços no desenvolvimento de ações que visem desde a cooperação de órgãos governamentais com as instituições de saúde quanto a estruturação frente a infecção hospitalar até a formulação de políticas públicas dirigidas para a questão da prevenção e controle de infecção hospitalar. Portanto, recomenda-se a realização de futuros estudos que busquem discutir também a questão dos desafios no processo de prevenção e controle de infecção hospitalar, não só a âmbito institucional, mas em todos os âmbitos inerentes a esse processo, para que a partir de uma discussão conjunta, seja possível a formulação e desenvolvimento de ações efetivas no enfrentamento da problemática da infecção hospitalar, na busca contínua da melhoria da qualidade da assistência à saúde. __________________________________________________________________________ ABSTRACT
Whereas there are still major challenges in the process of prevention and control of hospital infection to be faced, especially by the health institutions, this studied sought to discuss about the challenges in the prevention and control of hospital infection institutional scope, based on the analysis of scenario of a Brazilian public health institution located in the federal unit of the Federal District. For this, we made a situational diagnose of prevention and infection control of the institution, which consisted in identifying the actions developed and in the construction of a logical mode. Furthermore, it was made a description of the challenges in the prevention and control of hospital infection faced by the institution from the perception of the main actors involved in the management of prevention and control hospital infection the health institution, that for purposes of this study, consisted of members of the hospital Infection Control Committee (CCIH) of the institution. It was found that the situational diagnose of the institution, compared to other institutions, shown positive, even with the identification of some important actions are not developed. About the challenges, the issues raised shown that the challenges inherent in the process of prevention and control of hospital infection can pervade by various contexts, covering issues from the gaps in the institutional structure to limitations in the political-legal framework of prevention and control of hospital infection. The discussion this study, shows that it is essential to building efforts in developing actions aiming the cooperation of government agencies with health institutions as the front structure hospital infection, until the formulation of public policies directed towards the issue of prevention and control of hospital infection. Therefore, also it is recommended future studies that seek to discuss the issue of the challenges in the process of prevention and control of hospital infection, not only the institutional level, but in all areas of so doing, so that from a joint debate, it is possible the formulation and development of effective action in addressing the problem of hospital infections, the continuous search for improvement of health care quality.
Informações adicionais: Monografia (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ceilândia, Curso de Graduação em Saúde Coletiva, 2014.
Aparece na Coleção:Saúde Coletiva



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons