Utilize este link para identificar ou citar este item: https://bdm.unb.br/handle/10483/10294
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2014_AnaCarolineDeFreitasHonorato.pdf811,46 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Análise da assistência pré-natal em gestantes assistidas pelas equipes da estratégia saúde da família no setor habitacional Sol Nascente, Ceilândia – DF
Autor(es): Honorato, Ana Caroline de Freitas
Orientador(es): Escalda, Patrícia Maria Fonseca
Assunto: Pré-natal
Saúde pública
Serviços de saúde à maternidade
Data de apresentação: 12-Dez-2014
Data de publicação: 28-Abr-2015
Referência: HONORATO, Ana Caroline de Freitas. Análise da assistência pré-natal em gestantes assistidas pelas equipes da estratégia saúde da família no setor habitacional Sol Nascente, Ceilândia – DF. 2014. 57 f., il. Monografia (Bacharelado em Saúde Coletiva)—Universidade de Brasília, Brasília, 2014.
Resumo: O pré-natal permite acompanhar a gestante e identificar situações de risco para a mãe e a criança. Uma atenção à saúde adequada a gestante poderá produzir um impacto favorável na redução da mortalidade materna e perinatal. O acesso ao pré-natal de forma a atender às reais necessidades das gestantes deverá ter sua organização voltada para população adscrita na área de abrangência da unidade de saúde. A saúde da família visa uma integração entre ações preventivas e curativas para o indivíduo e a família de forma integral e contínua. O Sistema de Informação da Atenção Básica (SIAB) é uma ferramenta de planejamento, monitoramento e avaliação para as Equipes de Saúde de Família (ESF) no seu território de atuação delimitado em microáreas. O objetivo desse trabalho foi analisar a assistência pré-natal às gestantes residentes nas microáreas de atuação dos agentes comunitários de saúde na Estratégia Saúde da Família. Quanto ao percurso metodológico trata-se de um estudo epidemiológico descritivo. Foi realizado na área de atuação de três ESF que atuam no Condomínio Sol Nascente/Ceilândia- DF, no período de outubro/13 a outubro/14. O processamento dos dados foi realizado no software Epinfo/OMS versão 7.1.4.0 para análise descritiva e distribuição das variáveis. Foram identificadas 138 gestantes nas quais realizavam acompanhamento do pré-natal na unidade básica de saúde. O estudo identificou que a maioria das mulheres jovens adultas (48,6%) na faixa etária entre 20 a 29 anos viviam união estável ou casadas (75,2%) e de baixa escolaridade, 52,1% possuíam o ensino fundamental. Em relação ao número de gestantes cadastradas, uma ESF se destacou por acompanhar 42% das gestantes. Quanto à ocupação 67% não trabalhavam fora de casa. Em relação ao pré-natal, 79% iniciaram as consultas no primeiro trimestre de gestação e 69,1% realizaram mais de seis consultas de pré-natal. Os resultados evidenciam um avanço em relação ao reconhecimento das gestantes residentes na área de atuação das ESF para a sistematização dos dados. Isso implica em uma análise da situação de saúde daquela população a fim de identificar o perfil epidemiológico e eleger os problemas prioritários. __________________________________________________________________________ ABSTRACT
The prenatal allows follow the pregnant woman and identify risks situations for the mother and the child. A health care adequate for the pregnant woman can produce a favorable impact on the reduction of the maternal and perinatal mortality. The access to prenatal to meet the real needs of pregnant women must be organize to meet all this enrolled population at the health unit catchment area. The family health aims an integration between preventive and curative actions for the individual and the family in an integral and continuous way. The Information System of Primary Care (SIAB) is a planning, monitoring and evaluation tool for the Family Health Teams (ESF) in your service territory delimited in micro areas. The objective of this paper was analyze the prenatal assistance for the pregnant women residents at the actuation micro area of the health community agents in the Family Health Teams. About the methodological course, it’s a descriptive epidemiological study. The study was realized at the actuation area of three ESF in the Condomínio Sol Nascente/Ceilândia- DF, from October/2013 to October/2014. The data processing was realized in the software Epinfo/OMS version 7.1.4.0 for analysis descriptive and distribution of variables. It was identified 138 pregnant women, which realized follow of prenatal in the basic health unit. The study identified mostly women young adults (48,6%) in the age group between 20 and 29 years, which lived stable union or married (75,2%) and low schooling, 52,1% had the basic education. About the number of registered pregnant women, one ESF stood out by follow 42% pregnant women. About the occupation, 67% didn’t work out home. In relation to prenatal, 79% started the consultations on the first trimester of gestation and 69,1% held more than six prenatal consultations. The results shows an advancement about the recognition of pregnant women living at the actuation area of ESF to the data systematization. This implies in an analysis of the health situation of that population, to identify the epidemiological profile and elect the priority problems.
Informações adicionais: Monografia (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ceilândia, 2014.
Aparece na Coleção:Saúde Coletiva



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons