Utilize este link para identificar ou citar este item: https://bdm.unb.br/handle/10483/10276
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2014_JessycaDoCoutoCamposDeJesus.pdf644,92 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Adoecimentos, eventos e agravos no exercício da profissão dos agentes comunitários de saúde no Brasil
Autor(es): Jesus, Jéssyca Do Couto Campos De
Orientador(es): Cruz, Mariana Sodario
Assunto: Agentes comunitários de saúde
Saúde e trabalho
Data de apresentação: 4-Dez-2014
Data de publicação: 27-Abr-2015
Referência: JESUS, Jéssyca Do Couto Campos De. Adoecimentos, eventos e agravos no exercício da profissão dos agentes comunitários de saúde no Brasil. 2014. 65 f. Monografia (Bacharelado em Saúde Coletiva)—Universidade de Brasília, Brasília, 2014.
Resumo: Os Agentes Comunitários de Saúde são profissionais inseridos no sistema público de saúde e responsáveis por contribuir com a qualidade de vida da comunidade, a partir da criação de vínculo com os sujeitos da área adstrita, da prestação de assistência através de visitas domiciliares, cadastro e encaminhamento das famílias às unidades. O presente trabalho teve como objetivo analisar as doenças e agravos relacionados ao exercício da profissão de agentes comunitários de saúde no Brasil, apontando os fatores associados ao processo de trabalho, através de uma revisão sistemática. Foram utilizadas cinco bases de dados (LILACS, MEDLINE, BDENF, SCIELO e Redalyc) e os artigos foram submetidos ao checklist STROBE. Dez artigos permaneceram no estudo, pois condiziam com a questão norteadora e critérios de inclusão. Os resultados apontaram que os problemas psicológicos são os que mais afetam a saúde dos agentes, sendo também constatada a presença de problemas físicos e violências, influenciados pelo processo de trabalho e por aspectos ambientais. Desta forma, conclui-se que muitos são os fatores relacionados ao trabalho que comprometem a saúde dos agentes comunitários de saúde e que podem trazer consequências tanto para o trabalho desempenhado, quanto para sua qualidade de vida. Deve-se pensar maneiras de minimizar esses achados e propiciar maior assistência à saúde e segurança a esses profissionais, realizando mais pesquisas que abordem o processo de trabalho e os adoecimentos provenientes desse processo, em outras dimensões que não foram contempladas pelo presente estudo. Vale ressaltar que propiciar uma educação continuada, que atenda as fragilidades e necessidades vivenciadas pelo ACS, pode ser uma maneira a garantir a saúde desse trabalhador na sua integralidade, bem como vislumbra-se a necessidade do aprimoramento das políticas públicas existentes. __________________________________________________________________________ ABSTRACT
The Community Healthcare Agents are professionals involved in the public health system and responsible for contributing to the community's quality of life, from linking to with the people from astricted area, the provision of assistance through home visits, registration and refer families to healthcare units. This study aimed to analyze the labor related illnesses of community healthcare agents in Brazil, pointing to factors related to the labor process through a systematic review. Five databases were used (LILACS, MEDLINE, BDENF, SCIELO and Redline) and the articles submitted to the STROBE checklist. Ten articles remained in the study, for the reason that as matched the guiding question and inclusion criterias. The results showed that psychological problems are the ones that affect most the health of the agents, and also found the presence of physical problems and violence, influenced by the work process and environmental aspects. Thus, can be concluded that there are many factors related to work that compromise the health of community healthcare agents and can bring consequences for the work performed, as to their quality of life. Should think of ways to minimize these findings and provide greater assistance to health and safety to these professionals, conducting more research about the work process and the illnesses from this process, in other dimensions that were not dealt with in this study. It is noteworthy that provide continuing education that meets the weaknesses and needs by the ACS, can be a way to ensure the health of workers wholly, and sees the need of improvement of public policies.
Informações adicionais: Monografia (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ceilândia, Curso de Graduação em Saúde Coletiva, 2014.
Aparece na Coleção:Saúde Coletiva



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons