Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/9969
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2014_SueliDeMariaXavierPereira.pdf2,42 MBAdobe PDFver/abrir
Título: Escola que temos e a escola que queremos : a trajetória de luta por educação no assentamento Renascer
Autor(es): Pereira, Sueli de Maria Xavier
Orientador(es): Rocha, Eliene Novaes
Assunto: Trabalhadores rurais - educação
Assentamentos rurais
Educação do campo
Data de apresentação: 15-Dez-2014
Data de publicação: 18-Mar-2015
Referência: PEREIRA, Sueli de Maria Xavier. Escola que temos e a escola que queremos: a trajetória de luta por educação no assentamento Renascer. 2014. 63 f., il. Monografia (Licenciatura em Educação do Campo)—Universidade de Brasília, Planaltina-DF, 2014.
Resumo: Este estudo tem como propósito analisar a trajetória de luta dos trabalhadores rurais sem terra pela escola do campo. A educação do campo é entendida como um movimento que busca a concretude de uma educação ampla, diversificada e enraizada em conceitos de coletividade, da participação da família e da comunidade e focada na transformação do indivíduo e da sociedade. O estudo da escola do campo constitui tema desafiador na medida em que provoca demandas sociais e políticas públicas para o cumprimento das leis que garantem a criação e o bom funcionamento dessas escolas. Essa pesquisa analisa também a importância da escola do campo para fixar a comunidade rural às suas raízes culturais, familiares e sociais em particular a necessidade de atendimento das reivindicações por escola do Assentamento Renascer. __________________________________________________________________________ ABSTRACT
This study aims to analyze the trajectory of struggle of the landless rural workers by the school field. The rural education is understood as a movement that seeks the concreteness of a broad education, diverse and rooted in community concepts, family participation and community and focused on the transformation of the individual and society. The field school study is challenging topic in that causes social demands and public policies for compliance with the laws that guarantee the creation and proper functioning of these schools. This research also analyzes the importance of the field school to secure the rural community to their cultural, social and family roots in particular the need to meet the demands for school Settlement Reborn.
Informações adicionais: Monografia (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade UnB Planaltina, Licenciatura em Educação do Campo, 2014.
Aparece na Coleção:Educação do Campo



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons