Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/9584
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2014_FernandaDaSilvaSantos.pdf342,8 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Deficiência física e formação de professores : um estudo sobre paralisia cerebral e as barreiras educacionais do professor de educação física
Autor(es): Santos, Fernanda da Silva
Orientador(es): Santos, Janaína de Araújo Teixeira
Assunto: Educação inclusiva
Educação física para deficientes
Paralisia cerebral
Professores de educação física
Data de apresentação: 6-Dez-2014
Data de publicação: 4-Fev-2015
Referência: SANTOS, Fernanda da Silva. Deficiência física e formação de professores: um estudo sobre paralisia cerebral e as barreiras educacionais do professor de educação física. 2014. 63 f. Monografia (Licenciatura em Educação Física)—Universidade de Brasília, Barretos-SP, 2014.
Resumo: O presente trabalho trata da formação inicial e continuada do professor de Educação Física em relação à temática deficiência e como o seu trabalho pedagógico está sendo realizado em duas escolas do Ensino Fundamental I e uma CEMEI – Centro de Educação Municipal de Educação Infantil com alunos com paralisia cerebral. A Lei de Diretrizes e Bases e a Declaração de Salamanca asseguram aos alunos com deficiência o direito de frequentar as salas de aula de ensino regular, bem como o respeito à diversidade e a equidade de ensino, porém, existem algumas controversas que foram encontradas através das entrevistas semiestruturadas com os professores de Educação Física que lecionam para alunos com paralisia cerebral. Através das respostas obtidas pelos docentes foram apontados critérios que subsidiaram entender as principais causas sobre a dificuldade em lidar com alunos de inclusão e assim verificar que a falta de conteúdos a respeito da Educação Física Adaptada na formação inicial e o incentivo da instituição escolar em oferecer uma formação continuada para o profissional a respeito da temática, pode contribuir para que a inclusão não aconteça de forma eficaz e coerente com aquilo que as Leis promulgam a respeito de alunos de inclusão, principalmente em relação às aulas de Educação Física que não apresentam conteúdos que contribuam para o trabalho pedagógico dos professores. ___________________________________________________________________________ ABSTRACT
This work deals with the initial and ongoing training of physical education teacher in relation to the theme disabilities and how their pedagogical work is being carried out in two schools in the elementary school and a CEMEI - Municipal Education Center of Early Childhood Education with students with paralysis brain. The Law of Directives and Bases and the Salamanca Statement ensure students with disabilities the right to attend regular education classrooms, as well as respect for diversity and educational equity, however, there are some controversial that were found through the semi-structured interviews with the physical education teachers who teach students with cerebral palsy. Through the responses obtained by the teachers were appointed criteria that supported understand the main causes of the difficulty in dealing with include students and thus verify that the lack of content about the Adapted Physical Education in initial training and the encouragement of the school to offer a continuing education for professional about the subject, can contribute to the inclusion does not happen effectively and consistently with what the laws promulgated as to include students, particularly in relation to physical education classes that do not have content that contribute to the pedagogical work of teachers.
Informações adicionais: Monografia (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação Física, Curso de Licenciatura em Educação Física, 2014. Curso de Licenciatura em Educação Física a Distância.
Aparece na Coleção:Educação Física



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons