Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/9395
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2014_MarcelaSaadCampos_PolyanaMunizMachado.pdf1,97 MBAdobe PDFver/abrir
Título: Como o uso das hashtags na publicidade pode contribuir para a viralização de campanhas : um estudo de caso sobre a campanha #SomosTodosMacacos
Autor(es): Campos, Marcela Saad
Machado, Polyana Muniz
Orientador(es): Dantas, Edmundo Brandão
Assunto: Racismo
Preconceito racial
Campanhas publicitárias
Marketing - estratégias
Data de apresentação: 23-Nov-2014
Data de publicação: 19-Jan-2015
Referência: CAMPOS, Marcela Saad; MACHADO, Polyana Muniz. Como o uso das hashtags na publicidade pode contribuir para a viralização de campanhas: um estudo de caso sobre a campanha #SomosTodosMacacos. 2014. xii, 81 f., il. Monografia (Bacharelado em Comunicação Social)—Universidade de Brasília, Brasília, 2014.
Resumo: Em um cenário de repetidos episódios de manifestação de racismo no futebol europeu, surgiu a campanha #SomosTodosMacacos. A campanha se iniciou no dia 27 de abril de 2014, com três posts realizados pelo jogador Neymar Júnior. Nos três posts Neymar utiliza a hashtag #SomosTodosMacacos e convida os usuários a fazer o mesmo e entrar na luta contra o racismo. Desenvolvida pela agência Loducca, a campanha rapidamente tomou imensas proporções. Com o objetivo de verificar se e como o uso de hashtags pode contribuir para a viralização de campanhas publicitárias, optou-se pela realização de um estudo de caso sobre a campanha #SomosTodosMacacos. Como técnicas de coleta de dados, optou-se pela aplicação de um questionário, bem como a realização de pesquisa bibliográfica e documental com o objetivo de se obter a maior quantidade de dados possíveis sobre o objeto.Por fim, a partir de nossos resultados, indicamos possíveis novas abordagens para o tema. Como resultado obteve-se que o uso de hashtags pode sim contribuir para a viralização de uma campanha, mas não garante que isso ocorra.
Abstract: Considering the repeated episodes of racism in European football #Weareallmonkeys campaign emerged. The campaign began on April 27, 2014, with three posts made by the player Neymar Júnior. In the three posts Neymar uses the hashtag #Weareallmonkeys and invites users to do the same and get into the fight against racism. Developed by the agency Loducca the campaign quickly took huge proportions. Aiming verifify if and how the use of hashtags can contribute to advertising campaigns viralization, it was decided to make a case study about #Weareallmonkeys campaign.As techniques of data collection, it was decided by the application of a questionnaire, as well as the achievement of a bibliographic and documentary research in order to obtain the largest possible amount of data about the object.Finally, from our results, we indicate possible new approaches to the subject. As a result, it was found that the use of hashtags can contribute to campaigns viralization, but does not guarantee this to happen.
Informações adicionais: Monografia (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Comunicação, Departamento de Audiovisuais e Publicidade, 2014.
Aparece na Coleção:Comunicação - Publicidade e Propaganda



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons