Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/9048
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2014_CinthiaCarvalhoCosta.pdf384,41 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Afetividade na educação infantil
Autor(es): Costa, Cinthia Carvalho
Orientador(es): Cerqueira, Teresa Cristina Siqueira
Assunto: Educação de crianças
Afetividade
Crianças
Data de apresentação: 2014
Data de publicação: 24-Nov-2014
Referência: COSTA, Cinthia Carvalho. A Afetividade na educação infantil. 2014. 62 f. Monografia (Licenciatura em Pedagogia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2014.
Resumo: O presente trabalho de conclusão do curso de pedagogia teve como objetivo analisar a afetividade na relação professor-aluno na educação infantil, investigar a expressão de afetividade nas práticas pedagógicas dos professores no desenvolvimento da afetividade no contexto da educação infantil e refletir acerca de possibilidades de intervenções educativas dialógicas/afetivas na educação infantil. Foi feito um resgate bibliográfico utilizando autores como Wallon, Kuhlmann Jr., Kramer, Galvão, entre outros. Os participantes da pesquisa foram dois alunos de duas turmas distintas da educação infantil. A faixa etária variou de três a cinco anos. Um aluno do gênero feminino e um do gênero masculino, além dos alunos da turma do 1º ano da educação infantil. A estratégia usada na investigação foi a observação participante em que se pode perceber, durante o estágio supervisionado de docência (projeto 4), a importância do desenvolvimento do afeto na relação aluno e professor. Para a análise dos dados nominou-se três situações, a primeira o acolhimento, a segunda a aproximação e a terceira terror, amor e compromisso. As três revelaram que a afetividade se faz necessária na educação infantil para que as crianças possam se desenvolver integralmente. Conclui-se, portanto, que a afetividade se faz presente nas relações professor-aluno e que é fundamental no processo de ensino e aprendizagem.
Abstract: This pedagogy course final paper had the following goals: analyze the affectivity in the teacher-student relationship in infantile education; investigate the affectivity expression in teacher’s pedagogic practices in the development of affectivity in the infantile education context and reflect about the educative, dialogic and affective intervention possibilities in infantile education. A literature review was made using authors like Wallon, Kuhlmann Jr., Kramer, Galvão, among others. In this research participated two students of different classes from infantile education, with ages varying from three to five years, one male and one female, besides the students of the first degree. The strategy used in investigation was the participant observation in which can be perceived, during the supervised teaching apprenticeship (project 4), the importance of the development of affectivity in teacher-student relationship. For data analysis, were nominated three situations, the first is the reception, the second is the approximation and the third is love, terror and compromise. The three of them revealed that affectivity is necessary at infantile education for the fully development of children. In conclusion, affectivity is present in the teacher-student relationship and is fundamental in the process of teaching and learning.
Informações adicionais: Monografia (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, 2014.
Aparece na Coleção:Pedagogia



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons