Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/9020
Título: (Re)escrita coletiva como fortalecedor da identidade sujeito-escritor, no projeto Roda de Reescrita
Autor(es): Silva, Ana Paula Mendes da
Orientador(es): Dias, Juliana de Freitas
Assunto: Oficinas literárias
Escrita coletiva
Escritores
Identidade sujeito-escritor
Estudantes de graduação - reescrita
Data de apresentação: 14-Mar-2013
Data de publicação: 17-Nov-2014
Referência: SILVA, Ana Paula Mendes da. (Re)escrita coletiva como fortalecedor da identidade sujeito-escritor, no projeto roda de reescrita. 2013. [36] f., il. Monografia (Licenciatura em Letras Português)-Universidade de Brasília, Brasília, 2013.
Resumo: Neste trabalho, busca-se analisar a mudança/fortalecimento da identidade sujeito-escritor durante as reescritas coletivas de alunos participantes do projeto intitulado Roda de Reescrita. O apoio pedagógico foi encontrado nas Olimpíadas de Língua Portuguesa, coleção Poetas da escola (OLP, 2010) para a realização de oficinas que serviram de referência e motivação para a produção textual. O corpus foi constituído dos textos dos referidos participantes. Como fundamentos teórico-metodológicos recorri principalmente à Análise Crítica do Discurso (Fairclough, 1992), à da teoria dos gêneros textuais (Marcuschi, 2006, 2008); às reflexões sobre ideologia (Thompson, 1995), aos acertos da Conscientização Crítica da Linguagem (Dias, 2011). Por meio da pesquisa qualitativa de conteúdo, constatei que por meio de um ambiente diálogo é possível tornar o sujeito-escritor menos engessado, mais criativo e autônomo durante o processo de (re)escrita de textos coletivamente. _________________________________________________________________________ ABSTRACT
This work seeks to analyze the changing / strengthening the identity of subject-writer during rewritten collective of students participating in the project titled Roda de Reescritaeel. Teaching support was found in the collection Poetas da escola (OLP 2010) to conduct workshops that served as reference and motivation for textual production. The corpus consisted of texts of the participants. As theoretical and methodological resorted mainly to Critical Analysis of Speech (Fairclough, 1992), the theory of textual genres (Marcuschi, 2006, 2008), the reflections on ideology (Thompson, 1995), the hits Critical Language Awareness (Dias, 2011). Through qualitative research content, I found that through a dialogue environment can make the subject less cast-writer, more creative and autonomous during the process of (re) writing of texts collectively.
Informações adicionais: Monografia (graduação)-Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Linguística, Português e Línguas Clássicas, 2013.
Aparece na Coleção:Letras - Português

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2013_AnaPaulaMendesdaSilva.pdf983.89 kBAdobe PDFver/abrir


Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons