Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/8773
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2013_LuziaInácioDias.pdf586,72 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Afetividade no ensino médio : a percepção de professores e alunos
Autor(es): Dias, Luzia Inácio
Orientador(es): Duarte, Juliana Fonseca
Assunto: Ensino médio
Professores - percepção da afetividade
Estudantes - percepção da afetividade
Data de apresentação: 18-Mai-2013
Data de publicação: 24-Out-2014
Referência: DIAS, Luzia Inácio. Afetividade no ensino médio: A percepção de professores e alunos. 2013. 43 f., il. Monografia (Especialização em Coordenação Pedagógica)—Universidade de Brasília, Brasília, 2013.
Resumo: Esta pesquisa discute a afetividade no ensino médio. Normalmente a afetividade é considerada como fator inerente aos sentimentos restritos a lugares. Assim, no âmbito educacional, por conta de uma visão tradicional, a ideia é que o professor tem como única atribuição ensinar, valorizando apenas o cognitivo e deixando de lado o afetivo e o social, sem relacionar estes aspectos como partes que se completam no indivíduo, como defende Henry Wallon (2004). Ao descrever a percepção da afetividade pelos professores e alunos, nota-se que este tema não pode ser negligenciado no âmbito educacional. Professores e alunos afetivos concluem o ano letivo de forma diferenciada. A pesquisa aponta para a necessidade de se falar sobre a afetividade tornando este tema mais próximo daqueles que fazem parte do processo de ensino e aprendizagem.
Informações adicionais: Monografia (especialização)—Universidade de Brasília, Ministério da Educação, Centro de Estudos Avançados Multidisciplinares, Centro de Formação Continuada de Professores, Secretaria de Educação do Distrito Federal, Escola de Aperfeiçoamento de Profissionais da Educação, Curso de Especialização em Coordenação Pedagógica, 2013.
Aparece na Coleção:Coordenação Pedagógica



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons