Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/8721
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2014_SheiladaSilvaSouza.pdf818,68 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Variação na estrutura relativa do PB : o que a gramática pedagógica não mostra
Autor(es): Souza, Sheila da Silva
Orientador(es): Naves, Rozana Reigota
Assunto: Ensino médio
Gramática pedagógica
Oração relativa
Língua portuguesa - estudo e ensino
Data de apresentação: 2014
Data de publicação: 20-Out-2014
Referência: SOUZA, Sheila da Silva. Variação na estrutura relativa do PB: o que a gramática pedagógica não mostra. 2014. 42 f., il. Monografia (Licenciatura em Letras Português)-Universidade de Brasília, Brasília, 2014.
Resumo: Com base nos pressupostos teóricos da teoria linguística, esta produção analisa uma gramática pedagógica de Ensino Médio com respeito ao trabalho desenvolvido sobre as variações de uso da construção relativa no português do Brasil. A hipótese levantada neste trabalho é de que as estratégias de relativização vernaculares não são abordadas nas gramáticas escolares de Ensino Médio. A análise levou em consideração a apresentação da gramática pedagógica escolhida para a pesquisa, bem como os conteúdos e os exercícios associados ao tópico da relativização, com o objetivo de identificar problemas quanto à organização formal e tradicional do conteúdo que tenham impacto sobre o ensino da língua. Os resultados evidenciaram que as práticas de ensino tradicionais da Língua Portuguesa ainda se refletem de forma significativa e incisiva no material pedagógico utilizado nas escolas, mesmo que as obras utilizem, mesmo que de forma incoerente, pressupostos da linguística moderna, visto que o que estuda-se na gramática pedagógica não é coerente com o uso real da língua, no que diz respeito às orações relativas.
Aparece na Coleção:Letras - Português



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons