Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/8685
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2014_LaissaChristinaLopesCampos.pdf122,34 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Aleijão – um grito silencioso : a poesia como meio de denúncia
Autor(es): Campos, Laíssa Christina Lopes
Orientador(es): Pilati, Alexandre Simões
Assunto: Aleijão - poesia
Sterzi, Eduardo, 1973-
Literatura contemporânea
Poesia brasileira
Poetas brasileiros
Violência urbana
Data de apresentação: 2014
Data de publicação: 19-Out-2014
Referência: CAMPOS, Laíssa Christina Lopes. Aleijão – um grito silencioso: a poesia como meio de denúncia. 2014. 27 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Letras Português)—Universidade de Brasília, Brasília, 2014.
Resumo: O presente trabalho tem como objetivo de estudo a obra Aleijão de Eduardo Sterzi, publicada em 2009. A obra foi analisada segundo três temas principais: família, cidade e violência. Estes temas não são analisados isoladamente, pois durante toda a obra eles se entrelaçam e se completam, formando uma espécie de teia. A violência, que é o elemento mais marcante da obra, é apresentada como uma herança sanguínea e social, nascida na família, expande-se na cidade e se infiltra dentro de cada um até o ponto em que o próprio corpo entra em colapso. Para o estudo da obra o trabalho se dividiu em dois capítulos: no primeiro, são apresentados alguns conceitos sobre a poesia e a relação desta com a sociedade e alguns estudos sobre a obra de Sterzi. No segundo capítulo, são analisados alguns poemas a partir dos três temas citados, com a intenção de alcançar uma visão geral da obra. _________________________________________________________________________ ABSTRACT
This paper aims at studying the book Aleijão, written by Eduardo Sterzi, published in 2009. This book was analyzed in accordance to three main themes: family, city and violence.These themes are not analyzed isolatedly, once they are wrapped around each other, and complete each other throughout the whole book, forming a kind of web. The violence, which is the most remarkable element of the story, is presented as a social and blood heritage, born within the family; it spreads around the city and infiltrates into each one, up to the point where the body itself collapses. For the study of this story, this work was divided into two chapters: in the first one, some concepts are presented about the poetry and relation between it and the society, and some studies about Sterzi’s work. In the second chapter, some poems are analyzed from the three themes aforementioned, intending to reach a general view of the book.
Informações adicionais: Trabalho de Conclusão de Curso (graduação)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Teoria Literária e Literaturas, 2014.
Aparece na Coleção:Letras - Português



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons