Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/8300
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2014_FabriciaSilvadeCarvalho.pdf324,58 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Fluxo de consciência na narrativa de A paixão segundo G.H, de Clarice Lispector, e Mrs. Dalloway, de Virginia Woolf
Autor(es): Carvalho, Fabrícia Silva de
Orientador(es): Barreto, Júnia Regina de Faria
Assunto: Ficção
Literatura moderna
Consciência
Narrativa (Retórica)
Data de apresentação: 7-Jul-2014
Data de publicação: 3-Set-2014
Referência: CARVALHO, Fabrícia Silva de. Fluxo de consciência na narrativa de A paixão segundo G.H, de Clarice Lispector, e Mrs. Dalloway, de Virginia Woolf. 2014. 70 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Letras Português)—Universidade de Brasília, Brasília, 2014.
Resumo: O presente trabalho estuda as relações estabelecidas pelo Fluxo de Consciência na ficção moderna. Considerado por Humphrey como gênero literário, toma-se como base as suas pesquisas para comprovar a existência do Fluxo de Consciência nos romances A Paixão Segundo G.H., de Clarice Lispector publicado em 1964, e Mrs. Dalloway, de Virginia Woolf publicado em 1925, visando traçar um paralelo entre os dois. Esta monografia está dividida em duas partes. A primeira é um arcabouço teórico acerca do Fluxo de Consciência, suas técnicas e características que reforçam a sua exteriorização, perpassando pela Psicologia e Psicanálise, mas de interesse predominante na Ficção. Na segunda parte, tem-se uma visão geral das características dominantes nas obras de Clarice Lispector quanto ao Fluxo, centralizando-o em torno de A Paixão Segundo G.H., sempre buscando comprovar a presença desse gênero. Da mesma maneira ocorre para Virginia Woolf e sua Mrs. Dalloway até que se chegue à confluência de ambos os romances e suas características pares dentro do Fluxo de Consciência. Assim, é possível elaborar uma linha em comum que una a teoria pontuada por Humphrey à narrativa apresentada nos romances, levando em consideração suas similaridades. ___________________________________________________________________________ ABSTRACT
This paper studies the relations established by Stream of Consciousness in the modern fiction. Considered by Humphrey as a literary genre, is taken as the basis of his researches to prove the existence of the Stream of Consciousness in the novels. The Passion According to G.H., by Clarice Lispector, published in 1964, and Mrs. Dalloway, by Virginia Woolf, published in 1925, aiming draw a parallel between the two ones. This monograph is divided into two parts. The first one is a theoretical framework about the Stream of Consciousness, its techniques and features that reinforce its exteriorization, passing through the Psychology and Psychoanalysis, but predominant interest in fiction. In the second part, it have an overview of the dominant features in the works of Clarice Lispector on the Stream, centering it around The Passion According to G.H., always seeking to prove the presence of this genre. Similarly occurs for Virginia Woolf and her Mrs. Dalloway until it reaches the confluence of both novels and their peer characteristics within the Stream of Consciousness. Thus, it is possible elaborating a common thread that unites the theory punctuated by Humphrey to the narrative presented in the novels, taking into account their similarities.
Informações adicionais: Trabalho de Conclusão de Curso (graduação)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Teoria Literária e Literaturas, 2014.
Aparece na Coleção:Letras - Português



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons