Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/8103
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2013_VanessaPeregrinoPereira.pdf306,52 kBAdobe PDFver/abrir
Título: A imagem corporal e a influência na sexualidade de mulheres mastectomizadas
Autor(es): Pereira, Vanessa Peregrino
Orientador(es): Fangel, Leticia Meda Vendrusculo
Assunto: Câncer - aspectos psicológicos
Mamas - câncer
Mulheres - sexualidade
Imagem corporal em mulheres
Mastectomia
Data de apresentação: 2-Dez-2013
Data de publicação: 11-Ago-2014
Referência: PEREIRA, Vanessa Peregrino. A imagem corporal e a influência na sexualidade de mulheres mastectomizadas. 2013. 46 f. Trabalho de conclusão de curso (Bacharelado em Terapia Ocupacional)—Universidade de Brasília, Brasília, 2013.
Resumo: Introdução:O câncer de mama tem se tornado um problema de saúde pública e,apesar de ser considerado um câncer de bom prognóstico, as taxas de mortalidade vêm aumentando no Brasil, principalmente por ser diagnosticado em estágios avançados. Existem vários tipos de tratamentos utilizados para o câncer de mama,uma delas é a cirurgia não conservadora - a denominada mastectomia - que traz grandes repercussões na vida da mulher pelo fato de ser uma cirurgia de amputação de um órgão de adorno que tem uma grande representação cultural e é considerado símbolo de feminilidade, sensualidade e sexualidade.Objetivo: O objetivo do presente estudo é compreender se a imagem corporal influencia na sexualidade de mulheres mastectomizadas e analisar a relação entre esses dois fatores. Metodologia:O método utilizado foi o da abordagem qualitativa aplicada à saúde. A técnica da coleta de dados foi a entrevista semi-estruturada que ocorreu mediante assinatura do Termo de Consentimento Livre e Esclarecido (TCLE). A entrevista foi gravada, transcrita e interpretada embasada na análise de Bardin, que propõe um conjunto de técnicas de análise de comunicação e interpretação das mensagens. Resultados:A análise dessas categorias demonstrou que após a mastectomia, as mulheres apresentaram alterações em sua imagem corporal que geram prejuízos na vida cotidiana, relacionada atividades do dia-a-dia e também gerou influencias na sexualidade em tais aspectos: a alteração da imagem corporal e a falta da mama repercutem em sentimentos ligados a insegurança, medo de rejeição do marido, e baixa autoestima reduzindo o desejo sexual e trazendo prejuízos na sexualidade. Porém também foi apresentado que as mulheres mastectomizadas conseguem criar estratégias de enfrentamento relacionadas à espiritualidade, religiosidade, pensamento positivo para lutar contra o câncer e os prejuízos trazidos por ele. Conclusão: O estudo mostra a importância de uma assistência multiprofissional para mulheres mastectomizadas, pois, estão vivenciando momentos de fragilidade e adoecimento, sendo necessário o auxilio de profissionais de saúde que apoiem, escutem e respeitem a mulher e o seu contexto de vida. E dentro dessa equipe multiprofissional, vê-se a necessidade de um terapeuta ocupacional, para o auxilio na reabilitação de funções físicas e psicológicas e papeis sociais que foram perdidas ou esquecidas durante esse processo. ____________________________________________________________________________ ABSTRACT
Introduction: Breast cancer has become a public health problem and, despite being considered a cancer with a good prognosis, mortality rates have been increasing in Brazil, mostly diagnosed at advanced stages. There are several types of treatments used for breast cancer, one of them is not conservative surgery, a mastectomy, which has impact on the lives of women to be a surgical amputation of a body adornment that has a large representation cultural and that are considered a symbol of femininity, sensuality and sexuality. Objective: The aim of this study is to understand whether body image influences the sexuality of women with mastectomies and analyze the relationship between these two factors. Methodology: The method used was qualitative approach applied to health. The technique of data was semi-structured interview that occurred upon signing the Informed Consent Form (ICF). The interview was recorded, transcribed and interpreted grounded in analysis of Bardin, which proposes a set of analysis techniques of communication and interpretation of messages. Results: The analysis of these categories showed that after mastectomy, women showed changes in their body image that generate losses in daily life activities related day-to - day and also generated influences on sexuality in such aspects: the change of body image and lack of breast resonate with feelings related to insecurity, fear of rejection of the partner, low self-esteem and reducing sexual desire and causing losses in sexuality. However it was also shown that women with mastectomies can create coping strategies related to spirituality, religiosity, positive thinking to fight cancer and damage brought by him. Conclusion: The study shows the importance of multidisciplinary care for women with mastectomies, pre -or post- surgery, as they are experiencing moments of weakness and illness, requiring the help of health professionals who support, listen and respect the woman and their context of life. And within this multidisciplinary team, sees the need for an occupational therapist to aid in the rehabilitation of physical and psychological functions and social roles that have been lost or forgotten during this process.
Informações adicionais: Trabalho de Conclusão de Curso (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ceilândia, Curso de Graduação em Terapia Ocupacional, 2013.
Aparece na Coleção:Terapia Ocupacional



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons