Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/7751
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2013_FelipeFernandesMartins.pdf268,2 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Pronome reflexivo : apaga-se em Goiás, não se acende em Minas
Autor(es): Martins, Felipe Fernandes
Orientador(es): Borges, Cibele Brandão de Oliveira
Assunto: Sociolinguística
Língua portuguesa - variação
Língua portuguesa - gramática
Data de apresentação: 2013
Data de publicação: 3-Jul-2014
Referência: MARTINS, Felipe Fernandes. Pronome reflexivo: apaga-se em Goiás, não se acende em Minas. [2013]. [13] f., il. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Letras Português)—Universidade de Brasília, Brasília, 2013.
Resumo: Este trabalho é um estudo sobre a não realização do pronome reflexivo nas falas de mineiros e goianos residentes ou não do Distrito Federal, sob a perspectiva variacionista, que defende ser a heterogeneidade linguística ordenada. O objetivo é comprovar ou refutar a hipótese de que mineiros e goianos não utilizam os pronomes reflexivos. O corpus analisado é constituído de vinte colaboradores, sendo dez mineiros e dez goianos. São utilizadas variáveis linguísticas e extralinguísticas, como a origem geográfica e a escolaridade. Os resultados obtidos mostraram que é maior o índice de não realização dos pronomes reflexivos do que a sua realização e, também, que existem certos verbos que estão deixando de ser utilizados com o caráter reflexivo.
Informações adicionais: Trabalho de Conclusão de Curso (graduação)—Universidade de Brasília, 2013.
Aparece na Coleção:Letras - Português



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons