Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/7745
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2014_ClaudiaAngelicaVieiradaMata_banner.pdfBanner2,36 MBAdobe PDFver/abrir
2014_ClaudiaAngelicaVieiradaMata.pdf498,23 kBAdobe PDFver/abrir
Título: A avaliação formativa na aprendizagem de química em EJA
Autor(es): Mata, Claudia Angelica Vieira da
Orientador(es): Lima, Lorena Machado de
Cruz, Shirleide Pereira da Silva
Tema: Educação de Jovens e Adultos (EJA) : 1º Segmento : Química
Assunto: Química - estudo e ensino
Educação de Jovens e Adultos (EJA)
Aprendizagem - avaliação
Data de apresentação: 5-Abr-2014
Data de publicação: 2-Jul-2014
Referência: MATA, Claudia Angelica Vieira da. A avaliação formativa na aprendizagem de química em EJA. 2014. 44 f., il. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização em Educação na Diversidade e Cidadania - EJA)—Universidade de Brasília, Universidade Aberta do Brasil, Brasília, 2014.
Resumo: Este trabalho intenta relacionar a avaliação formativa ao aprendizado de Química dos estudantes de EJA, com um dando suporte ao outro. O objetivo geral deste trabalho é utilizar a avaliação formativa como um instrumento pedagógico de auxílio para a aprendizagem de Química dos estudantes de EJA. São, também, objetivos específicos: (a) Mostrar para os estudantes da EJA a relação presente entre a ciência Química e o cotidiano; (b) Usar recursos como o da contextualização e o da analogia para ajudar na clareza e nos significados dos conceitos mais abstratos da ciência Química; (c) Mostrar que as avaliações formativas podem aprimorar a comunicação entre cada estudante e o seu professor de Química; (d) Desenvolver momentos de atividades avaliativas com diferentes aplicações para desenvolver e exercitar o aprendizado e o raciocínio do estudante e momentos de aprendizagem que sirvam de ações avaliativas; (e) Propor atividades avaliativas diversificadas para abranger a heterogeneidade dos estudantes de EJA. A metodologia utilizada neste trabalho foi experimental, realizando em diferentes turmas de primeira e segunda série do terceiro segmento de EJA no CEF 411 de Samambaia a proposta apresentada. Também ocorreram abordagens complementares, como o uso de questionários para verificar o alcance dos objetivos e o nível de aprendizado e de satisfação dos estudantes. Os dados coletados serviram para concluir que a avaliação formativa contribuiu de forma positiva com o aprendizado de Química e que o uso de analogias e de contextualizações aumentou o interesse dos estudantes de EJA.
Abstract: This work tries to relate the formative assessment of student learning Chemistry EJA, with a supporting another. The aim of this work is to use formative assessment as a pedagogical tool to aid learning chemistry students EJA. Are also specific objectives: (a) Show for students EJA this relationship between science and everyday life Chemistry; (b) Use resources such as the context and the analogy to aid in clarity and the meanings of more abstract concepts of science Chemistry; (c) Show that formative assessments can enhance the communication between each student and his professor of chemistry; (d) Develop moments of evaluation activities with different applications to develop and exercise student learning and reasoning and learning moments that serve as evaluative actions; (e) Propose evaluation activities diversified to encompass the heterogeneity of students in adult education. The methodology used in this work was experimental, performing in different groups of first and second series of the third segment of the CEF EJA 411 Fern of the submitted proposal. Complementary approaches also occurred, such as the use of questionnaires to verify the achievement of the objectives and the level of learning and student satisfaction. The data collected were used to conclude that formative assessment has contributed positively to the learning of Chemistry and the use of analogies and contextualization increased student interest in EJA.
Informações adicionais: Trabalho de Conclusão de Curso (especialização)—Universidade Aberta do Brasil, Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Educação II, 2014.
Licença: Item depositado a partir de autorização concedida pelo autor à Faculdade de Educação.
Aparece na Coleção:Educação na Diversidade e Cidadania - EJA



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons