Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/7262
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2013_DiegoMichelJacomeBatista.pdf1,46 MBAdobe PDFver/abrir
Título: Caracterização de estruturas cristalinas de Syntermes wheeleri (Insecta : Isoptera : Termitidae)
Autor(es): Batista, Diego Michel Jácome
Orientador(es): Alves, Cleilton Rocha
Coorientador(es): Constantino, Reginaldo
Assunto: Raios X
Magnetismo
Térmita
Inseto
Data de apresentação: 16-Dez-2013
Data de publicação: 28-Mar-2014
Referência: BATISTA, Diego Michel Jácome. Caracterização de estruturas cristalinas de Syntermes wheeleri (Insecta: Isoptera: Termitidae). 2013. 15 f., il. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Ciências Naturais)—Universidade de Brasília, Planaltina-DF, 2013.
Resumo: Desde tempos remotos da história humana o magnetismo animal causa curiosidade e instiga novas descobertas a respeito da interação entre os seres vivos e campo geomagnético. Campos magnéticos que a princípio eram vistos como uma forma de cura para inúmeros males do corpo, se mostraram na verdade vetores de extrema importância para existência das formas de vida terrestres, em algumas chegando ao ponto de interagir com estruturas presentes em seus corpos. Estudos sobre o efeito do campo geomagnético têm sido feitos em vários grupos animais, na tentativa de compreender suas propriedades e peculiaridades nos processos vitais. Entre esses estudos o grupo dos insetos sociais tem chamado a atenção da comunidade científica por suas propriedades magnéticas utilizadas como forma e orientação entre outras propriedades específicas a cada grupo da classe insecta. Porém tais descobertas só foram possíveis devido a descoberta do raio X, que possibilitou a caracterização de estruturas cristalinas, dentre as quais certos materiais poderão ser responsáveis pela origem da sensibilidade magnética em seres vivos. Por meio de técnicas de difração de raios X esta pesquisa procura caracterizar estruturas cristalinas presentes no isoptera Syntermes wheeleri, espécie presente no cerrado de Brasília, conhecida por possuir indivíduos de maior massa corporal em relação às demais espécies presentes neste habitat. Sendo previsto que após a identificação das estruturas cristalinas seja possível, em estudos posteriores, afirmar se está espécie de isoptera é realmente sensível ao campo magnético terrestre.
Informações adicionais: Trabalho de Conclusão de Curso (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade UnB Planaltina, Licenciatura em Ciências Naturais, 2013.
Aparece na Coleção:Ciências Naturais



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons