Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/7196
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2013_ValeriaPereiraSoares.pdf701,74 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Elaboração de modelo “core-shell” químico de nanopartículas de ferrita do tipo ZnXCo1-XFe2O4 Ey-Fe2O3
Autor(es): Soares, Valéria Pereira
Orientador(es): Souza, Renata Aquino da Silva de
Coorientador(es): Rodrigues, Priscilla Coppola de Souza
Assunto: Fluidos magnéticos
Colóides
Data de apresentação: 11-Dez-2013
Data de publicação: 12-Mar-2014
Referência: SOARES, Valéria Pereira. Elaboração de modelo “core-shell” químico de nanopartículas de ferrita do tipo ZnXCo1-XFe2O4 Ey-Fe2O3. 2013. 18 f., il. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Ciências Naturais)—Universidade de Brasília, Planaltina-DF, 2013.
Resumo: O presente trabalho expõe um método de aplicação tecnológica que vêm sendo estudado nas ultimas décadas, os Fluido Magnéticos, estes são utilizados em aplicações tecnológicas, estudos mais recentes apontam a utilização do Fluido Magnético em aplicações Biomédicas. Contudo, para que os Fluidos Magnéticos possam ser utilizados com desempenho satisfatório, é necessário que se tenha um conhecimento da estrutura do nanocoloide de forma que seja garantida a estabilidade coloidal. A determinação da fração volumétrica em partículas do nanocoloide se baseia em métodos de dosagens químicas clássicas, neste trabalho experimental a caracterização química desses fluidos magnéticos terá como base o modelo núcleo-superfície core-shell. Para que seja realizada caracterização estrutural e química de coloides magnéticos, este trabalho consiste em algumas técnicas, Titulação com Dicromato de Potássio que é fundamental para a realização do cálculo da fração volumétrica, Difração de raios X, sendo esta fundamental no estudo da matéria condensada por permitir a investigação do arranjo ordenado dos sólidos e Espectroscopia de Raio X de energia dispersiva (EDX), necessário para fazer a análise de materiais maciços e permite a caracterização estequiométrica de uma amostra.
Informações adicionais: Trabalho de Conclusão de Curso (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade UnB Planaltina, Licenciatura em Ciências Naturais, 2013.
Aparece na Coleção:Ciências Naturais



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons