Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/7133
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2013_JessicaDeCastroNascimento.pdf352,72 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Adivinhas de Pedro e Inês, de Agustina Bessa-Luís : a história como ficção controlada
Autor(es): Nascimento, Jessica de Castro
Orientador(es): Bergamo, Edvaldo
Assunto: Ficção portuguesa
Literatura portuguesa
Data de apresentação: 6-Dez-2013
Data de publicação: 25-Fev-2014
Referência: NASCIMENTO, Jessica de Castro. Adivinhas de Pedro e Inês, de Agustina Bessa-Luís: a história como ficção controlada. 2013. 28 f. Monografia (Licenciatura em Letras - Português)—Universidade de Brasília, Brasília, 2013.
Resumo: Partindo da assertiva de que a ficção é um lugar de conciliação entre história e imaginação, a obra Adivinhas de Pedro e Inês de Agustina Bessa-Luís, romance histórico português contemporâneo, constrói-se sob a perspectiva teórica de que a história não teria a finalidade de mostrar a verdade, mas sim de convencer o leitor das afirmativas feitas pelo narrador, sendo que este, utilizará de meios fictícios para a construção de uma possível verdade. ___________________________________________________________________________ ABSTRACT
Starting from the assertion that fiction is a place of reconciliation between history and imagination, the work Riddles of Pedro and Inês Agustina Bessa-Luís, Portuguese contemporary historical novel, is constructed from the theoretical perspective that the story would not have the purpose of showing the truth, but to convince the reader of the statements made by the narrator, and this, use fictitious means for building a possible truth.
Informações adicionais: Monografia (graduação)—Universidade de Brasília, Departamento de Teorias Literárias e Literaturas, Licenciatura em Língua Portuguesa e Respectiva Literatura, 2013.
Aparece na Coleção:Letras - Português



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons