Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/6586
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2013_AndreiaFirminoAlves.pdf1,48 MBAdobe PDFver/abrir
Título: Dimensões das políticas públicas para museus e Museologia : o caso do CNPq (2002-2012)
Autor(es): Alves, Andréia Firmino
Orientador(es): Santos, Deborah Silva
Assunto: Museus
Museologia
Política cultural
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
Ciência e tecnologia
Data de apresentação: 4-Out-2013
Data de publicação: 20-Nov-2013
Referência: ALVES, Andréia Firmino. Dimensões das políticas públicas para museus e Museologia: o caso do CNPq (2002-2012). 2013. xiii, [117] f., il. Monografia (Bacharelado em Museologia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2013.
Resumo: Neste trabalho, analisou-se a política pública de fomento do Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) para a área de museus e Museologia entre os anos de 2002 e 2012 a partir do estudo de caso do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), agência de fomento do Ministério. Procurou-se compreender a articulação entre as políticas públicas específicas para museus e os editais lançados pelo CNPq para essas instituições. Enfatize-se que os editais da agência beneficiaram basicamente os museus e centros de ciência e foram orientados pelas políticas públicas de Ciência & Tecnologia no âmbito da divulgação científica, excluindo parte significativa das outras instituições museais vinculadas à área cultura. Buscou-se ainda compreender a inserção da Museologia no campo das disputas científicas por ‘capital simbólico’, referenciado na distribuição de bolsas na modalidade Produtividade em Pesquisa na qual a área teve expressivo crescimento nos últimos anos, apesar de ainda carecer de reconhecimento acadêmico na área de Humanidades. ________________________________________________________________________ ABSTRACT
This work analyzes the public policies of the Science, Technology and Innovation Ministry (MCTI) to the museum and Museology area between the years 2002 and 2012 from the case study of the National Council for Scientific and Technological Development (CNPq), the development agency of the Ministry. The aim is to understand the relationship between specific policies for museums and the edicts issued by the CNPq for these institutions. It must be emphasized that the edicts of the agency primarily benefited the museums and the science centers and were guided by public policies for Science & Technology in the scope of scientific divulgation excluding the significant parts of other museums linked to the cultural área. The study also aims at understanding the insertion of Museology in the field of scientific disputes for ‘symbolic capital’ referenced in the distribution, in the form of scholarships for Research Productivity, which had significant growth in recent years in spite of the fact that the area still lacks the academic recognizance in the field of Humanities.
Informações adicionais: Monografia (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciência da Informação, Curso de Museologia, 2013.
Aparece na Coleção:Museologia



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons