Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/6520
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2013_RafaelSimãodaCosta.pdf7,55 MBAdobe PDFver/abrir
Título: Run Fast! : um jogo de corrida ubíquo dinamicamente reconfigurável
Autor(es): Costa, Rafael Simão da
Orientador(es): Castanho, Carla Denise
Assunto: Jogos eletrônicos
Computação ubíqua
Data de apresentação: 6-Ago-2013
Data de publicação: 6-Nov-2013
Referência: COSTA, Rafael Simão da. Run Fast! : um jogo de corrida ubíquo dinamicamente reconfigurável. 2013. 57 f. Monografia (Bacharelado em Ciência da Computação)—Universidade de Brasília, Brasília, 2013.
Resumo: Com a difusão de dispositivos eletrônicos e consequente aumento do número de dispos- itivos por pessoa, surgem possibilidades de se criar aplicações que usufruam de mais de um único aparelho. Neste contexto surge a computação ubíqua, cujos princípios estabelecem a aplicação e uso da tecnologia de modo invisível, pró-ativo e sensível ao contexto. Os jo- gos ubíquos se baseiam nesses mesmos princípios enquanto focam na criação de softwares voltados ao entretenimento em um ambiente pulverizado de dispositivos computacionais. Além disso, os jogos ubíquos se apresentam como excelentes cenários de experimentação de novas tecnologias ubíquas e pervasivas. Este trabalho consiste em desenvolver um jogo, denominado Run Fast!, executado em um computador com tela compartilhada e que uti- liza celulares como dispositivos de entrada de dados e de execução de minijogos. Para o desenvolvimento deste jogo, foram utilizados conceitos dos jogos ubíquos, como os de computação pulverizada e sensibilidade ao contexto, de forma que, além de usufurir de vários dispositivos, o jogo se reconfigura dinâmicamente em função da entrada e saída de jogadores no jogo em tempo de execução. A implementação do Run Fast! utiliza o uOS, um middleware para ambientes ubíquos que provê mecanismos para identificação dos dis- positivos móveis, bem como para comunicação entre estes e o jogo principal. Assim, o projeto tem como objetivo validar o uOS para jogos ubíquos. _______________________________________________________________________ ABSTRACT
With the diffusion of eletronic devices, raising the number of computers per person, arise possibilities to create applications that utilize more than only one gadget. In this context, arises the ubiquitous computing which principles establish the application and use of tecnology in an invisible, pro-active and context-sensitive way. The ubiquitous games base themselfs in the same principles while focus on the creation of softwares aimed to the entertainment in an enviroment pulverized with computetional devices. Futhermore, the ubiquitous games present themselfs as excellent scenarios of experimentation for new ubiquitous and pervasive tecnologies. This work consists in developing a game, denom- inated Run Fast!, executed in a computer with a shared screen and uses cellphones as input devices of data and to execute minigames. To develop this game, there was used ubiquitous games concepts, as pulverized computing and context-sensitive, such that, be- sides using many devices, the game dynamically reconfigures itself due to the entry and exit of players in the game at runtime. The Run Fast! implementation uses the uOS, a middleware for ubiquitous environments that provides mechanisms to identify mobile devices, as well as the communication between them and the main game. Therefore, the project has as objective to validate the uOS for ubiquitous games.
Informações adicionais: Monografia (graduação)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Exatas, Departamento de Ciência da Computação, 2013.
Coorientador(es): Buzeto, Fabricio Nogueira
Aparece na Coleção:Ciência da Computação



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons