Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/6434
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2013_MltonPereiradeAlbuquerqueNeto.pdf553,71 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Os discursos utópicos da filosofia frente à educação como processo formativo
Autor(es): Albuquerque Neto, Milton Pereira de
Orientador(es): Gontijo, Pedro Ergnaldo
Assunto: Educação - filosofia
Pedagogia
Antropologia educacional
Data de apresentação: 2013
Data de publicação: 29-Out-2013
Referência: ALBUQUERQUE NETO, Milton Pereira de Albuquerque. Os discursos utópicos da filosofia frente à educação como processo formativo. 2013. 34 f. Monografia (Licenciatura em Filosofia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2013.
Resumo: Este trabalho é uma tentativa de mostrar como os anseios em torno da educação estão impregnados por um discurso político afirmativo. Começando trazendo a discussão Sócrates e sua antropologia que é ainda hoje fonte de inspiração para se questionar os preceitos sob quais são erigidos os nossos parâmetros e orientações curriculares, demonstrando que ele já tinha consciência da inseparabilidade da antropologia e da educação. Em seguida, Platão adentra a discussão apresentado seu ideal de homem refletido por um ideal de polis onde a justiça é o fim que todos devem procurar. Rousseau e Kant são os primeiros desse trabalho a escreverem obras que realmente tratam de educação e com isso as fragilidades de seus discursos afirmativos em favor de um ideal de homem também ficam mais expostas. Encerrando, faz-se uma breve analise dos efeitos desses discursos no teor na Lei de Diretrizes e bases da Educação brasileira.
Informações adicionais: Monografia (graduação)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Humanas, Departamento de Filosofia, 2013.
Aparece na Coleção:Filosofia - Graduação



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons