Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/6356
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2013_IvaldeteDeSouzaCorrea.pdf702,59 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Mulheres na produção de conhecimento científico
Autor(es): Correa, Ivaldete de Souza
Orientador(es): Maciel, Susanne Tainá Ramalho
Assunto: Mulheres
Conhecimento científico
Discriminação de sexo contra as mulheres
Data de apresentação: 16-Jul-2013
Data de publicação: 17-Out-2013
Referência: CORREA, Ivaldete de Souza. Mulheres na produção de conhecimento científico. 2013. 44 f., il. Monografia (Licenciatura em Educação do Campo)—Universidade de Brasília, Planaltina-DF, 2013.
Resumo: Este trabalho visa demonstrar a trajetória das mulheres na produção de conhecimento acadêmico na área das ciências exatas. Apesar de exercerem um papel importante na história da ciência, as contribuições femininas ainda não são tão reconhecidas na literatura escolar. Diante disso, foram feitos estudos dos trabalhos que temos registros redigidos por mulheres e entrevistas nas comunidades Itauna e Planaltina de Goiás para avaliarmos o papel da mulher na produção do conhecimento científico. Nos guiamos por uma fundamentação teórica da questão de gênero, divisão sexual do trabalho e divisão sexual da ciência. Por fim, fazemos uma reflexão do papel da escola na superação de tabus envolvendo gênero e ciências exatas. _________________________________________________________________________ ABSTRACT
This paper demonstrates the trajectory of women in the production of academic knowledge in the field of exact sciences. Despite exercising an important role in the history of science, the contributions women are still not as recognized in the academic literature. Therefore, studies were made of the work we have written records and interviews with women in the communities and Itauna Planaltina Goiás to evaluate the role of women in the production of scientific knowledge. We are guided by a theoretical framework of the issue of gender, sexual division of labor and the sexual division of science. Finally, we make a reflection of the school's role in overcoming taboos involving gender and exact sciences.
Informações adicionais: Monografia (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade UnB Planaltina, Licenciatura em Educação do Campo, 2013.
Aparece na Coleção:Educação do Campo



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons