Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/6267
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2013_FernandaPlentzDeAndrade.pdf970,94 kBAdobe PDFver/abrir
Título: As representações sociais da escola na perspectiva dos gestores educacionais
Outros títulos: The social representations of the school on perspective of educational managers
Autor(es): Andrade, Fernanda Plentz de
Orientador(es): Cerqueira, Teresa Cristina Siqueira
Assunto: Representações sociais
Escolas - organização e administração
Diretores escolares
Data de apresentação: 26-Jun-2013
Data de publicação: 10-Out-2013
Referência: ANDRADE, Fernanda Plentz de. As representações sociais da escola na perspectiva dos gestores educacionais. 2013. 74 f., il. Monografia (Licenciatura em Pedagogia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2013.
Resumo: Este estudo objetiva conhecer as representações sociais de gestores educacionais do Distrito Federal sobre a escola. Baseado na Teoria das Representações Sociais de Serge Moscovici e pautado em um método quanti-qualitativo, de abordagem exploratória. Para a coleta de dados da pesquisa foram utilizados dois instrumentos: um questionário com uma frase indutora e um questionário aberto; participaram deste estudo vinte gestores de onze escolas públicas e nove escolas particulares de ensino fundamental, da cidade de Brasília, DF. Para a análise dos resultados utilizou-se o software EVOC e, ainda, uma adaptação da técnica de análise de conteúdo de Bardin. Os resultados obtidos apontam que os gestores pesquisados representam a escola como um local de Aprendizagem (27%), priorizando o Conhecimento (23%), objetivando a Transformação (27%) e que resulte na Educação (23%) dos sujeitos envolvidos, constituindo o núcleo central das representações sociais. Outro dado relevante consiste em que os gestores possuem somente percepções positivas acerca da sua gestão. Conclui-se que tais representações refletem de forma bastante consensual a visão dos gestores sobre a escola, enquanto agentes políticos que anseiam a transformação e a garantia de um local que promova a integração, a aprendizagem e o conhecimento necessários para o desenvolvimento dos alunos. ________________________________________________________________________ ABSTRACT
This study aims to understand the social representations of educational managers from Distrito Federal about the school. Based on Serge Moscovici's Social Representations Theory and guided by a qualitative and quantitative method of explanatory approach, two tools were used to collect information: one questionnaire with a inducing question and one open questionnaire. Twenty managers from eleven public schools and nine private schools in elementary school, from the town of Brasília, D.F., were part of this research. The EVOC software was used to analyze the results, as such as an adaptation of Bardin's techniques of content analysis. The results show that the managers represent the school as a place of Learning (27%), priotizing the Knowledge (23%), the Transformation (27%) and resulting in Education (23%), moulding the centre of the social representations. Other relevant result shows that the managers only have positive perceptions their management. It's concluded that such representations fairly reflect the consensus view of managers about the school, while politicians crave for the transformation and ensuring of schools that promotes integration, learning and knowledge necessary for the development of the students.
Informações adicionais: Monografia (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, 2013.
Aparece na Coleção:Pedagogia



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons