Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/6107
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2013_AlbertoRodrigues.pdf745,2 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Aspectos limitadores de inclusão educacional nas aulas regulares de educação física
Autor(es): Rodrigues, Alberto
Orientador(es): Garcia Cordero, Osvaldo Homero
Assunto: Estudantes com necessidades educativas especiais
Educação inclusiva
Educação física para deficientes
Acessibilidade
Data de apresentação: 2013
Data de publicação: 24-Set-2013
Referência: RODRIGUES, Alberto. Aspectos limitadores de inclusão educacional nas aulas regulares de educação física. 2013. 55 f., il. Monografia (Licenciatura em Educação Física)—Universidade de Brasília, Universidade Aberta do Brasil, Ariquemes-RO, 2013.
Resumo: O estudo origina-se de um trabalho de conclusão de curso de licenciatura em Educação Física sob orientação docente. Trata-se em mostrar os principais fatores que limitam os alunos deficientes em participar das aulas regulares de Educação Física. Este trabalho esta embasado em leis e citações de diferentes autores, ARAÚJO (2008), CAMPOS (1984), CARVALHO, (2002), DARIDO (2007), FIGUEIREDO (2009), GIROUX (1997), MANTOAN (2003), MOREIRA (2006), SCARPATO (2009) MINISTÉRIO Publico Federal: Brasília 2004. O que propicia uma melhor qualidade no estudo. Buscou-se realizar através de uma pesquisa descritiva, essencialmente qualitativa, definida como estudo de caso, foi realizado na Escola Estadual de Ensino Fundamental Francisco Chiquilito Erse, Utilizando como instrumentos metodológicos, as pesquisas bibliográficas e observações. Apresenta-se o resultado da analise dos dados coletados a partir dos questionários realizado com pais, professores, alunos, supervisores, orientadores e diretores da escola observada. A pesquisa indica os aspectos que limita os alunos deficientes em participar das aulas de Educação Física. O deficiente é uma pessoa que embora tenha suas limitações, são capazes de exercerem certas atividades normalmente, desde que respeitadas e encorajadas para isso. Não podemos deixar que o deficiente, não importando quais sejam suas limitações, acabem sendo discriminados pela sociedade, devemos sim, buscar soluções plausíveis para solucionarmos os problemas existentes e que todos procuram trabalhar o desenvolvimento desses alunos através de fundamentos teórico-práticos sólidos e que permitem a verdadeira inclusão dos deficientes na sociedade.
Informações adicionais: Monografia (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação Física, Curso de Licenciatura em Educação Física, Universidade Aberta do Brasil – Polo de Ariquemes-RO, 2013. Curso de Licenciatura em Educação Física a Distância.
Aparece na Coleção:Educação Física



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons