Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/585
Título: Diagnóstico sócioambiental do evento 100 Km do Cerrado
Autor(es): Maciel, Fabrícia Martins
Orientador(es): Verissimo, Mônica
Assunto: Turismo de aventura
Distrito Federal (DF)
Impacto ambiental
Data de apresentação: 27-Out-2004
Data de publicação: 31-Ago-2009
Referência: MACIEL, Fabrícia Martins. Diagnóstico sócioambiental do evento 100 Km do Cerrado. 2004. 78 f. Monografia (Especialização em Ecoturismo)-Universidade de Brasília, Brasília, 2004.
Resumo: A atividade de mountain bike, além de ser uma modalidade esportiva, tem hoje seu reconhecimento como uma das mais atrativas modalidades de turismo de aventura. A atividade ocorre no meio natural e necessita de pelo menos parte de seus trechos com terrenos íngremes para que seja “radical”. Essas características, aliadas ao nível de alta renda necessária para compra de equipamentos, fazem do Distrito Federal um dos locais que tem se destacado na prática da atividade mountain bike no Brasil. Dentro desse panorama, no Distrito Federal um dos eventos de mountain bike de maior difusão entre amantes do mountain bike é o evento “100 Km do Cerrado”. Considerando a importância desse evento, e o possível impacto negativo que ocorre na natureza, decidiu-se verificar o perfil sócio ambiental de seus participantes, através de questionários, aplicados durante o evento, disponibilizar informações sobre a questão ambiental, na página da internet da empresa DESBRAVA realizadora do evento, e verificar como as informações sobre topografia e imagens de satélite, disponibilizadas por professores e alunos da disciplina Planejamento Ambiental, do curso de Ecoturismo do CET/UnB e da Fundação SD, foram aproveitadas dentro da prova. Os resultados foram apresentados em forma de gráficos, mapas, perfis topográficos e de declividade, imagens de satélite e fotografias do evento.
Abstract: Besides being a sporting activity, mountain-biking is viewed today as one of the most attractive forms of adventure tourism. The activity takes place in the natural environment and, to be considered “rough”, needs to include sloping grounds in at least one section of the tracks. These characteristics, coupled with the high income level needed to purchase the equipment make the Federal District one of the outstanding places in Brazil for the practice of mountain-biking. Within this scenario in the Federal District, one of the most disseminated mountain-biking events among the sport’s enthusiasts is the rallye called “100 km through the Cerrado”. Considering the importance of that event and the potential negative environmental impacts, the organizers decided assess the social-environmental profile of the participants, through questionnaires applied during the event, post information on environmental issues on the organizer’s (DESBRAVA) webpage, and to ascertain how the data on topography and satellite images posted by professors and students of the Environmental Planning discipline of CET/UnB Ecotourism Program were being used during the match. The results were presented in the form of graphs, maps, topoghaphic and declivity profiles and photographs.
Informações adicionais: Monografia (especialização)—Universidade de Brasília, Centro de Excelência em Turismo, 2004.
Aparece na Coleção:Ecoturismo

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2004_FabriciaMartinsMaciel.pdf2.36 MBAdobe PDFver/abrir


Todos os itens na BDM estão protegidos por copyright. Todos os direitos reservados.