Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/5765
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2010_AnaMariaSantos_GenivalMoraes_GildoSantos.pdf284,81 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Diferenças individuais na sala de aula de EJA
Autor(es): Santos, Ana Maria de Albuquerque
Moraes, Genival Santos de
Santos, Gildo Bezerra dos
Orientador(es): Rêses, Erlando da Silva
Coorientador(es): Santos, Alzira Aparecida Diogo Alvarez dos
Tema: Educação de Jovens e Adultos (EJA) : Distrito Federal : Diferenças individuais
Assunto: Estudantes
Distúrbios da aprendizagem
Educação de Jovens e Adultos (EJA)
Data de apresentação: Jul-2010
Data de publicação: 1-Ago-2013
Referência: SANTOS, Ana Maria de Albuquerque; MORAES, Genival Santos de; SANTOS, Gildo Bezerra dos. Diferenças individuais na sala de aula de EJA. 2010. 26 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização em Educação na Diversidade e Cidadania - EJA)—Universidade de Brasília, Universidade Aberta do Brasil, Brasília, 2010.
Resumo: O projeto, Diferenças Individuais na Sala de Aula de EJA, se constitui da necessidade de atender de forma diferenciada aos níveis de aprendizagem em que se encontram os alunos no início do semestre, visando equalizá-los de forma sistemática, proporcionando um atendimento não somente homogêneo, mas individualizado em todo o percurso da série em que o mesmo se encontra. Na sala de aula observa-se e constata-se a existência de diversos tipos de alunos, com diferenças individuais sejam elas como dificuldade de aprendizagem, grandes diferenças de idades, alunos adolescentes e jovens que deixaram de ser crianças, porém, ainda não são adultos, alunos diferentes por serem portadores de necessidades especiais, portanto, diferentes nos modos de pensar e agir estudando na mesma sala. Esse aluno adulto busca a escola tardiamente para alfabetizar-se, ou mesmo cursar algumas séries do ensino na Educação de Jovens e Adultos. Nessa perspectiva, proporcionar aos alunos um atendimento que o envolva de forma mais efetiva durante as aulas é de fundamental necessidade, buscando uma melhoria considerável tanto na aprendizagem quanto na inserção do mesmo na sociedade como um todo. O objetivo é atender os alunos de forma individualizada de acordo com os níveis de aprendizagem diagnosticados no início do semestre letivo. O projeto se desenvolverá de acordo com alguns passos. Sua aplicação deverá ocorrer sempre no inicio do semestre e se estender ao longo do mesmo. Tem como parceiros apenas a comunidade escolar. Sua avaliação será feita de forma contínua.
Informações adicionais: Trabalho de Conclusão de Curso (especialização)—Universidade Aberta do Brasil, Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, Curso de Especialização em Educação na Diversidade e Cidadania, com Ênfase em EJA, 2010.
Licença: Item depositado a partir de autorização concedida pelo autor à Faculdade de Educação.
Aparece na Coleção:Educação na Diversidade e Cidadania - EJA



Todos os itens na BDM estão protegidos por copyright. Todos os direitos reservados.