Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/5733
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2012_AlbaTerezaSousadeMacedo.pdf679,19 kBAdobe PDFver/abrir
Título: O poder na prática do assistente social : a literatura brasileira de Serviço Social na década de 80
Autor(es): Macêdo, Alba Tereza Sousa de
Orientador(es): Almeida, Patrícia Cristina Pinheiro de
Assunto: Assistentes sociais - prática profissional
Serviço social
Publicações científicas
Data de apresentação: Out-2012
Data de publicação: 23-Jul-2013
Referência: MACÊDO, Alba Tereza Sousa de. O poder na prática do assistente social: a literatura brasileira de Serviço Social na década de 80. 2012. 64 f. Monografia (Bacharelado em Serviço Social)—Universidade de Brasília, Brasília, 2012.
Resumo: A presente pesquisa teve como objetivo analisar à luz de Michel Foucault, a categoria “poder” na prática profissional do assistente social dentro da literatura de serviço social brasileiro da década de 80. A profissão de assistente social carrega desde as suas protoformas um estigma controlador e disciplinador das massas, contendo as insatisfações da mesma através de práticas assistencialistas e clientelistas. O advento do Movimento de Reconceituação da profissão a partir da década de 60 na América Latina transformou o modo de atuar e pensar, adotando uma perspectiva critica para a mesma, mas o estigma controlador ainda adentra os anos que se seguem. A pesquisa, de base documental e caráter qualitativo, pôde esmiuçar nos textos analisados, através dos eixos de dominação e resistência, os sutis mecanismos de dominação ainda presentes na profissão, bem como as resistências a esse mesmo processo de controle social e formação de corpos dóceis. Verificou-se uma série de pontos a serem aperfeiçoados e desenvolvidos na busca de uma estratégia de comprometimento com uma prática qualificada e estruturada em beneficio dos usuários e incentivo às resistências sociais seja dentro da profissão ou nas camadas populares.
Informações adicionais: Monografia (graduação)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Humanas, Departamento de Serviço Social, 2012.
Aparece na Coleção:Serviço Social



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons