Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/5324
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2013_KuaneMinekoAlmeidaSaissu.pdf873,84 kBAdobe PDFver/abrir
Registro completo
Campo Dublin CoreValorLíngua
dc.contributor.advisorMarques, Carla Pintas-
dc.contributor.authorSaissu, Kauane Mineko Almeida-
dc.identifier.citationSAISSU, Kauane Mineko Almeida. Unidades de Pronto Atendimento: uma avaliação normativa das UPAS do Distrito Federal. 2013. 64 f., il. Monografia (Bacharelado em Saúde Coletiva)—Universidade de Brasília, Brasília, 2013.en
dc.descriptionMonografia (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ceilândia, 2013.en
dc.description.abstractA Politica Nacional de Atenção às Urgências do Brasil busca reorganizar o serviço de urgência, trabalhando em consonância com o Acolhimento com Classificação de Risco, estabelecendo diretrizes para o adequado funcionamento desses serviços na Rede de Atenção às Urgências, tendo como um dos componentes pré-hospitalares fundamentais, as Unidades de Pronto Atendimento 24h- UPAs. O objetivo do estudo é avaliar o funcionamento da UPAs de Samambaia e Recanto das Emas, regiões administrativas do DF, de acordo com as normas estabelecidas na Política Nacional de Atenção às Urgências. É um estudo descritivo-exploratório realizado por meio da análise de prontuários (280) de pacientes das UPAs de Samambaia e do Recanto das Emas, por serem as primeiras unidades implantadas no DF, pois no começo deste estudo as unidades de São Sebastião e Núcleo Bandeirante ainda não estavam em funcionamento. Foi possível identificar que as unidades de pronto atendimento analisadas estão de acordo com as normas federais, porém ainda padecem de falta de integração – referência e contra referência junto aos demais serviços de saúde, dificultando o atendimento integral e continuado. Cabe destaque também que é através da realização de avaliações normativas que se identificam alternativas para aperfeiçoar os serviços de saúde a serem implantados e os que já estão funcionando. _________________________________________________________________________ ABSTRACTen
dc.description.abstractThe National Policy on Care to Urgencies of Brazil seeks to reorganize the emergency department, working in harmony with the host with risk classification, establishing guidelines for the proper functioning of these services in the Urgent Network Health care, and as a component of prehospital fundamental, the Emergency Care Units-24 PSUs. The objective of the study is to evaluate the functioning of the PSUs of Samambaia and Recanto das Emas, administrative region of DF, in accordance with the standards set out in National Policy on Care to Urgencies. It is a descriptive exploratory study conducted through analysis of records (280) of the patients of PSUs of Samambaia and Recanto das Emas for being the first units deployed in DF since early this study drives, the São Sebastião and Bandeirante were still not in operation. It was possible to identify the emergency units analyzed are according to federal standards, but still suffer from lack of integration - reference and cross reference with the other health services, hindering the continued and comprehensive care. It also highlighted that it is through formative assessments that identify alternatives to improve health services to be deployed and those already working.en
dc.rightsAcesso Abertoen
dc.subject.keywordServiços de saúdeen
dc.subject.keywordPolítica de saúdeen
dc.subject.keywordHospitais - serviço de emergênciaen
dc.subject.keywordDistrito Federal (DF) - saúde públicaen
dc.titleUnidades de Pronto Atendimento : uma avaliação normativa das UPAS do Distrito Federalen
dc.typeTrabalho de Conclusão de Curso - Graduação - Bachareladoen
dc.date.accessioned2013-06-19T11:42:31Z-
dc.date.available2013-06-19T11:42:31Z-
dc.date.issued2013-06-19T11:42:31Z-
dc.date.submitted2013-
dc.identifier.urihttp://bdm.unb.br/handle/10483/5324-
dc.language.isoPortuguêsen
Aparece na Coleção:Saúde Coletiva - Campus UnB Ceilândia



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons