Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/5071
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2013_IcaroLuanFreitasNunes.pdf1,23 MBAdobe PDFver/abrir
Título: Educação a distância : estudo de caso sobre o que pensa o estudante e o professor do Curso de Pedagogia a Distância da Universidade de Brasília FE/UnB
Autor(es): Nunes, Ícaro Luan Freitas
Orientador(es): Pimentel, Nara Maria
Assunto: Educação à distância
Pedagogia
Universidade de Brasília (UnB)
Data de apresentação: 12-Mar-2013
Data de publicação: 14-Mai-2013
Referência: NUNES, Ícaro Luan Freitas. Educação a distância: estudo de caso sobre o que pensa o estudante e o professor do Curso de Pedagogia a Distância da Universidade de Brasília FE/UnB. 2013. 84 f. Monografia (Licenciatura em Pedagogia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2013.
Resumo: O trabalho aqui desenvolvido se insere no campo de estudos e investigação da educação, tendo como objetivo identificar o que pensam alunos e professores do Curso de Pedagogia a Distância sobre a EaD. Nesta situação, o trabalho traz uma reflexão da Educação a Distancia, prática educativa diferente do ensino presencial e sua relação com educação aberta e aprendizagem aberta. Abordamos um breve histórico de como a educação a distância se inseriu na Universidade de Brasília e uma descrição do Curso de Pedagogia a Distância da UnB. A pesquisa desenvolvida neste trabalho foi realizada com 20(vinte) alunos do Curso de Pedagogia a Distância do Polo de Alexânia e com 3 (três) professores da Faculdade de Educação que ofertam disciplinas no Curso de Pedagogia a Distância.Os resultados indicam que os alunos e professores acreditam na educação a distância; alunos e professores percebem o potencial da EaD na formação inicial e continuada; alunos e professores reconhecem a existência de preconceito em relação a credibilidade dos cursos a distância no mercado de trabalho; que a EaD ainda é tratada como um curso a parte na estrutura da universidade. Além disso, de acordo com a pesquisa realizada, questões relacionadas às dificuldades de acesso a internet por alunos e professores nos polos de apoio presencial e também no cotidiano escolar, flexibilidade, cujo conceito precisa ser esclarecido melhor, organização didática coerente levando em conta as especificidades da EaD, falta de disciplina para estudos, currículo inadequado, necessidades de mais encontros presenciais, carga horária excessiva de estudos, dificuldades no processo de comunicação são debates em aberto na EaD. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT
The work developed here belongs to the field of study and research in education, aiming to identify what students and teachers of the Distance Education Course think about the Distance Education. In this situation, the work brings a reflection of Distance Education, educational practice different from classroom teaching and its relation to open education and open learning. We discuss a brief history of how distance education was introduced into the University of Brasília and a description of the Distance Education Course of UnB. The research developed in this work was carried out with twenty (20) students of the School of Education's Distance Polo Alexânia and three (3) teachers of the Faculty of Education that offer courses in the School of Education away. The results indicate that students and teachers believe in distance education, students and teachers realize the potential of Distance Education in the initial and continuing training; students and teachers recognize the existence of prejudice against the credibility of distance learning courses in the labor market, that Distance Education is still treated as a course on the part of the university structure. Furthermore, according to the survey, questions related to difficulties in accessing the internet by students and teachers at the poles and also support classroom at school, whose flexibility concept needs to be clarified, coherent didactic organization taking into account the specificities of Distance education lack of discipline for study, inappropriate curriculum, needs more meetings, excessive workload studies, difficulties in the process of communication are open debates in Distance Education.
Informações adicionais: Monografia (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, 2013.
Aparece na Coleção:Pedagogia



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons