Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/4824
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2013_ThallineRodriguesdaSilva.pdf909,13 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Avaliação da qualidade fisiológica de sementes de Anadenanthera falcata Benth por métodos indiretos de determinação da viabilidade
Autor(es): Silva, Thalline Rodrigues da
Orientador(es): Martins, Ildeu Soares
Coorientador(es): Cotta, Taís Augusto Pitta Garcia
Assunto: Tecnologia de sementes
Sementes - qualidade
Sementes - fisiologia
Data de apresentação: 7-Mar-2013
Data de publicação: 17-Abr-2013
Referência: SILVA, Thalline Rodrigues da. Avaliação da qualidade fisiológica de sementes de Anadenanthera falcata Benth por métodos indiretos de determinação da viabilidade. 2013. 45 f., il. Monografia (Bacharelado em Engenharia Florestal)—Universidade de Brasília, Brasília, 2013.
Resumo: Com o passar do tempo, as sementes passam a sofrer um processo contínuo e irreversível de deterioração ou senescência. O conhecimento deste processo é essencial porque é através dele que a pesquisa tem desenvolvido métodos de determinação do potencial fisiológico dos lotes ou vigor de sementes. Durante o processo de envelhecimento ou deterioração das sementes, pode ocorrer degradação ou desorganização em suas membranas celulares, permitindo que nutrientes sejam lixiviados de seus tecidos para a água em que estejam imersas. Em razão do exposto, este trabalho teve por objetivo, verificar a relação entre os dados obtidos na aplicação do método de análise de lixiviação de potássio, magnésio e cálcio com o estado de deterioração em sementes recém-colhidas de Angico - vermelho (Anadenanthera falcata Benth) com os resultados obtidos pela aplicação dos testes de germinação, tetrazólio e condutividade elétrica. Para os testes de condutividade elétrica e determinação dos teores de potássio, magnésio e cálcio nas sementes, estas, foram submetidas a um período de embebição de 4 horas em 150 ml de água Milliq nas temperaturas 20°C, 25ºC, 30°C e 35°C , e suas alíquotas foram lidas em um condutivímetro de bancada e no AAS e no ICP-AES . O estudo realizado demonstrou uma forte relação entre o aumento da temperatura e a elevação da condutividade elétrica da solução, além da efetiva “perda” de nutrientes pelas sementes,comprovada pela relação entre aumento da temperatura e elevação da lixiviação de potássio, magnésio e cálcio. A taxa de germinação da espécie para este estudo não sofreu influência com a perda de compostos como cálcio, magnésio e potássio para a solução, porém com novos estudos poder-se-ia verificar a perda de íons da semente com possíveis anomalias na germinação. _____________________________________________________________________________ ABSTRACT
Over time seeds begin to suffer a continuous and irreversible process of deterioration or aging. Gathering information about this process is essential because through it research has developed methods for determining the physiological potential or seed vigor. During the aging or the deterioration process degradation or disruption in their cell membranes may occur, allowing nutrients to be leached from their tissue into the water in which they are immersed. Given the above, this study aimed to verify the relationship between the data obtained in the application of the method of analysis of leaching of potassium, magnesium and calcium with the state of deterioration of fresh seeds of Angico - red (Anadenanthera falcata Benth ) with the results obtained by the application of germination, tetrazolium and electrical conductivity tests. For testing electrical conductivity, potassium, magnesium and calcium in the seeds, they were subjected to a soaking period of 4 hours in 150 ml of MilliQ water at temperatures 20 ° C, 25 ° C, 30 ° C and 35 ° C. Its rates were read in AAS and ICP-AES and a conductivity bench. The study of the Angico - red (Anadenanthera falcata Benth) demonstrated a strong relationship between temperature rise and the increase of the electrical conductivity of the solution and the actual "loss" of nutrients for the seed proven relationship between temperature rise and increased leaching of potassium, magnesium and calcium. The germination rate of the species for this study was not influenced by the loss of compounds such as calcium, magnesium and potassium to the solution, but with new studies could try to relate the loss with possible anomalies in germination.
Informações adicionais: Monografia (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Tecnologia, Departamento de Engenharia Florestal, 2013.
Aparece na Coleção:Engenharia Florestal



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons