Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/4146
Título: Gestão ambiental da Universidade de Brasília : avanços e desafios
Autor(es): Diana, José Maurício Lages
Orientador(es): Maia Filho, Mamede Said
Assunto: Universidade de Brasília (UnB)
Gestão ambiental
Educação ambiental
Desenvolvimento sustentável
Data de apresentação: 12-Nov-2012
Data de publicação: 30-Nov-2012
Referência: DIANA, José Maurício Lages. Gestão ambiental da Universidade de Brasília: avanços e desafios. 2012. x, 33 f. Monografia (Especialização em Gestão Universitária)—Universidade de Brasília, Brasília, 2012.
Resumo: Esta monografia analisa os avanços e desafios da Agenda 21 da Universidade de Brasília no campo do desenvolvimento sustentável e avalia o instrumento como documento de referência para promover um novo paradigma focado na gestão ambiental. A integração dos atores sociais envolvidos, que vai além do que está dentro da Instituição, e os incentivos às iniciativas mais verdes nos campi são os grandes desafios para os próximos anos. A falta de compromisso dos gestores e a resistência política de achar que essa é uma “onda ambiental” retardam o modelo de gestão universitária adequada. A pesquisa também sinaliza algumas ações que podem contribuir para o melhoramento das questões ambientais e que perpassam por processos fundamentais como política, gestão e educação ambiental. Conclui-se que investimentos para uma política adequada de gestão ambiental, além de fomentar ações sustentáveis, proporcionam resultados condizentes com a crise ambiental que estamos enfrentando. Outra saída importante seria a elaboração de um regulamento, a ser aprovado pelos colegiados superiores, que permitam a institucionalização de uma política ambiental dentro da Universidade de Brasília. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT
This project analyses the advances and challenges of the Agenda 21 at University of Brasilia in the field of sustainable development and evaluates the instrument as a reference document to promote a new paradigm focused on environmental management. The integration of the involved stakeholders which goes beyond what is within the Institution, and green incentives initiatives on campus are the major challenges for the next few years. The lack of commitment of managers and political resistance to think that this is an "environmental wave" inhibits an adequate model of university management. The research also indicates that some of the actions may contribute to the improvement of environmental issues and for fundamental processes that underlie such policies including management and environmental education. We conclude that adequate investments to a policy of environmental management, in addition to promoting sustainable actions, provide results consistent with the environmental crisis we are facing. Another important output would be to build an environmental policy within the University of Brasilia. An important regulation that would have to be approved by higher collegiate.
Informações adicionais: Monografia (especialização)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Departamento de Administração, 2012.
Aparece na Coleção:Gestão Universitária

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2012_JoseMauricioLagesDiana.pdf127.14 kBAdobe PDFver/abrir


Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons