Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/4096
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2012_JulianadeCassiaPereiraMenezes.pdf298,22 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Aulas de educação ambiental extracurricular no ensino médio : relato de uma experiência
Autor(es): Menezes, Juliana de Cássia Pereira
Orientador(es): Santos, Wildson Luiz Pereira dos
Assunto: Conservação da natureza
Educação ambiental
Data de apresentação: 2012
Data de publicação: 23-Nov-2012
Referência: MENEZES, Juliana de Cássia Pereira. Aulas de educação ambiental extracurricular no ensino médio: relato de uma experiência. 2012. iv, 32 f. Monografia (Licenciatura em Química)—Universidade de Brasília, Brasília, 2012.
Resumo: O trabalho foi elaborado de acordo com os princípios norteados pela Educação Ambiental. O projeto de consumismo desenvolvido com alunos de uma escola privada teve como principal objetivo alertá-los quanto a crise ambiental e o consumo desenfreado. A partir dos fundamentos da Educação Ambiental foi possível a elaboração de um projeto que buscasse sensibilizar os estudantes acerca das questões sociais, além de colocá-los em uma posição de reflexão frente a situação. Em princípio, aborda-se os movimentos ambientalista governamentais e não- governamentais que marcaram as primeiras grandes reuniões que se preocupavam em elaborar programas de educação ambiental. Adiante, a educação ambiental tão almejada nesses encontros tem seus objetivos e princípios definidos com base na conscientização, conhecimentos, atitudes, habilidades, capacidade de avaliação e participação do indivíduo.Entretanto, essa nova política deparou-se com um sistema escolar deturpado, cujo o foco não está na formação moral e ética do estudante, mas sim em um método de ensino reducionista e conteudista visando, principalmente, no ingresso do estudante nas universidades federais. É inevitável que os alunos enxerguem a realidade da maioria como algo distante e imutável, se as próprias instituições não estão preocupadas com esse quadro. O projeto conseguiu não apenas atingir os estudantes, mas expor para a própria escola o interesse do aluno acerca do tema pouco disseminado em sala, a educação ambiental. Os professores não podem pregar a transformação do mundo, sem antes mudarem a sua conduta dentro das salas de aula. O trabalho desmistifica a relação homem-natureza tratando-a como de intensa interação de transformação e dependência mútua. Além disso, conta também com uma análise individual das aula ministras e uma análise geral crítica do projeto, examinando quais os pensamentos dos estudantes e o grau de engajamento que cada um tem com o meio ambiente.Para isso utilizamos vídeos, pesquisas, textos e questionários que ajudaram na conclusão do mini-curso e estão em anexo.
Informações adicionais: Monografia (graduação)—Universidade de Brasília, Instituto de Química, 2012.
Aparece na Coleção:Química



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons