Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/3969
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2012_ThainaLeiteMartins.pdf401,51 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Concepção sociointeracionista no ensino de português como língua materna : processos de leitura e escrita em sala de aula
Autor(es): Martins, Thainá Leite
Orientador(es): Ramalho, Viviane Cristina Vieira Sebba
Assunto: Língua portuguesa - estudo e ensino
Leitura
Escrita
Data de apresentação: 2012
Data de publicação: 16-Out-2012
Referência: MARTINS, Thainá Leite. Concepção sociointeracionista no ensino de português como língua materna: processos de leitura e escrita em sala de aula. 2012. 21 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Letras Português)—Universidade de Brasília, Brasília, 2012.
Resumo: Este artigo propõe discutir processos de leitura e escrita no ensino português como língua materna com base em uma perspectiva sociointeracionista. As considerações apontadas aqui são embasadas principalmente em Bakhtin (1997; 2004) Bagno (1999), Bortoni-Ricardo (2004), Elias e Koch (2009), Geraldi (1985), Rojo (2000), Vigotsky (2001), entre outras, e nas competências linguístico-discursivas preconizadas pelos Parâmetros Curriculares Nacionais de Ensino Médio (BRASIL, 1998). Com base na teoria supracitada, discutimos resultados de uma experiência de pesquisa-ação de prática docente no curso de extensão “Ler e escrever na universidade”, oferecido pelo Cespe/UnB em 2011, no qual foram coletados dados sobre atividades de leitura e escrita. O objetivo geral das análises dos dados coletados/gerados no curso de extensão é investigar se, de fato, conforme a proposta do curso, os processos de leitura e escrita foram baseados numa prática-teórica sociointeracionista e, também, se os/as alunos/as do curso assumiram uma postura ativa na construção de conhecimentos. _______________________________________________________________________________ ABSTRACT
This article was written with the purpose of discussing the reading and writing processes in the teaching of Portuguese as mother tongue based in a sociointeracionist perspective. The considerations pointed out here are based mainly on the works of Bakhtin (1997; 2004), Bagno (1999), Bortoni-Ricardo (2004), Elias e Koch (2009), Geraldi (1985), Rojo (2000), Vigotsky (2001), and others, and in the linguistic-discursive competences defended in the National Curriculum for Secondary Schools (BRAZIL, 1998). Based on the theoretical works quoted above, we discuss the results of an action-research of teaching experience practice in an extension course “Reading and writing in the University”, offered by Cespe/UnB in 2011, where it was collected data about reading and writing activities. The main goal of the extension course collected data analysis is to research if, actually, as aimed in the course, the reading and writing processes was based in a sociointeracionist practice-theory and, also, if the students of the course assumed an active role in the construction of knowledge.
Informações adicionais: Trabalho de Conclusão de Curso (graduação)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Teoria Literária e Literaturas, Licenciatura em Letras/Português, 2012.
Aparece na Coleção:Letras - Português



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons