Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/3968
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2011_JulieldFerrineFlores.pdf177,28 kBAdobe PDFver/abrir
Título: A dupla negativa do português falado no Distrito Federal
Autor(es): Flores, Julield Ferrine
Orientador(es): Dettoni, Rachel do Valle
Assunto: Sociolinguística
Língua portuguesa - português falado
Data de apresentação: 1-Jun-2011
Data de publicação: 16-Out-2012
Referência: FLORES, Julield Ferrine. A dupla negativa do português falado no Distrito Federal. 2011. 50 f., il. Monografia (Licenciatura em Letras Português)—Universidade de Brasília, Brasília, 2011.
Resumo: A negação sentencial do português falado no Brasil (PFB) caracteriza-se pela particularidade de se manifestar por estruturas concorrentes, diferentemente do português de Portugal, no qual só se aceita a negativa canônica. Dentre essas formas concorrentes destaca-se a dupla negativa - o advérbio de negação posicionado antes e após o sintagma verbal - objeto de análise do presente trabalho. Para analisar como este fenômeno surgiu e como se manifesta no PFB foram consultadas diversas obras de autores que teorizam sobre o assunto e realizado um trabalho de campo com a metodologia da Sociolinguística Variacionista para avaliar o português falado no Distrito Federal. Neste trabalho pretende-se compilar os dados das pesquisas de autores que trabalham com a negação sentencial no PFB com ênfase nas postulações mais coerentes com as análises dos seus respectivos dados. Aliados à observação de meus próprios levantamentos, os resultados buscam contribuir para a definição das variáveis que condicionam a ocorrência da negativa dupla no PFB.
Informações adicionais: Monografia (graduação)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Linguística, Português e Línguas Clássicas, 2011.
Aparece na Coleção:Letras - Português



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons