Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/3810
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2011_AndreiadosGuimaraesdeCarvalho.pdf146,38 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Prática educacional bicultural-bilingue na perspectiva inclusiva : revisando teoria e investigando ações em projeto experimental
Autor(es): Carvalho, Andréa dos Guimarães de
Orientador(es): Coelho, Cristina Massot Madeira
Assunto: Educação inclusiva
Educação bilíngue
Inclusão escolar
Data de apresentação: 30-Abr-2011
Data de publicação: 5-Set-2012
Referência: CARVALHO, Andréa dos Guimarães de. Prática educacional bicultural-bilingue na perspectiva inclusiva: revisando teoria e investigando ações em projeto experimental. 2011. 24 f. Monografia (Especialização em Desenvolvimento Humano, Educação e Inclusão Escolar)—Universidade de Brasília, Universidade Aberta do Brasil, Brasília, 2011.
Resumo: As políticas de inclusão inserem-se num campo de luta para uma redistribuição diferenciada que favoreça, não apenas o aluno com necessidades educacionais especiais, mas todos os envolvidos no ambiente escolar de ensino regular. Nesta visão, uma rede municipal de ensino regular cria um projeto experimental bicultural-bilíngue como forma de introduzir a questão inclusiva no aparato educacional municipal, apresentando um estrutura que promoverá mudanças significativas no cotidiano escolar. Sabe-se que tal projeto irá beneficiar, em primeiro instante, alunos com necessidades educacionais auditivas e demais envolvidos neste ambiente, mas trata-se de algo promissor que conduzirá a outras medidas inclusivas que abrangerá as adaptações necessárias às demais necessidades especiais. Surge, então, a oportunidade de investigar, através de uma pesquisa, as principais perspectivas teórico-práticas deste projeto proposto, assim como as diversas transformações pedagógicas (adaptações curriculares, ambientais, didáticas, comportamentais, sociais, etc.:), linguísticas e culturais previstas que permeiam e se fundem no processo educativo, e que ocorrerão dentro do ambiente escolar para a aplicabilidade deste na rotina escolar. O acompanhamento diário, sistemático, da rotina escolar juntamente com a exposição teórica e crítico-reflexiva das observações notificadas em diário de bordo, permitiram conhecer e acompanhar tais medidas, além de confrontá-las com a realidade escolar de ensino regular, obtendo e re-transformando conhecimentos reflexivos que envolvem esta questão inclusiva, podendo causar uma revolução otimista no processo educativo atual, que favorecerá o desenvolvimento do sujeito social, sendo ele especial ou não.
Informações adicionais: Monografia (especialização)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Departamento de Psicologia Escolar e do Desenvolvimento, Programa de Pós-Graduação em Processos de Desenvolvimento Humano e Saúde, 2011. Curso de Especialização a Distância em Desenvolvimento Humano, Educação e Inclusão Escolar.
Aparece na Coleção:Desenvolvimento Humano, Educação e Inclusão Escolar



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons